Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
25°
cotação atual R$

Notícias / Mundo-Notícias

NÃO SEJA RACISTA. SEJA HUMANO

Conheça a história de Ota Benga, o menino que foi exibido como macaco em um zoológico dos EUA

sábado, 05/09/2020, 22:00 - Atualizado em 05/09/2020, 21:59 - Autor: Fonte: BBC


Ota tinha apenas 12 anos quando foi sequestrado e exposto em uma jaula para entretar brancos.
Ota tinha apenas 12 anos quando foi sequestrado e exposto em uma jaula para entretar brancos. | Reprodução

Ota Benga foi uma criança de aproximadamente 12 anos na época em que foi sequestrado no que hoje é a República Democrática do Congo, em 1904, para ser levado aos Estados Unidos e exibido em um zoológico na jaula dos macacos. A história bizarra parece algo de um passado distante, mas fazem pouco mais de cem anos.

A jornalista Pamela Newkirk, que pesquisou e escreveu extensivamente sobre o assunto, refletiu, em reportagem para a BBC, sobre as tentativas dos países envolvidos no sequestro após décadas encobrindo essa história e um pedido de desculpas que ela considera tardio.

A instituição Wildlife Conservation Society (WCS), que foi a mesma responsável por exibir o jovem na jaula com macacos, pediu desculpas recentemente, após o caso de Ota Benga voltar à tona, na esteira dos protestos antirracistas nos EUA.

Num momento de reflexão nacional, Cristian Samper, presidente e CEO da sociedade, disse que era importante “refletir sobre a história da WCS e sobre a persistência do racismo na nossa instituição”.

Samper prometeu que a sociedade que administra o zoológico se comprometerá a ser transparente sobre este episódio que inspirou inúmeras manchetes na Europa e nos Estados Unidos a partir de 9 de setembro de 1906, um dia após a estreia de Ota Benga, até que foi libertado do zoológico em 28 de setembro de 1906.

Grupo de africanos exhibidos durante la feria de 1904.

Ota Benga é o primeiro a contar da direita para esquerda.

"Funcionário do zoológico"

Em vez de capitalizar sobre o episódio para extrair uma lição, a WCS tentou esconder por um século a verdadeira história da Ota Benga. Em 1906, uma carta dos arquivos do zoológico revela que as autoridades, em meio a crescentes críticas, discutiram a possibilidade de inventar uma história em que Ota Benga apareceu como funcionário do zoológico. Surpreendentemente, a farsa durou décadas. O pedido de desculpas mais de um século depois dividiu opiniões.

Quem foi Ota Benga?

- Capturado em março de 1904 pelo comerciante americano Samuel Verner no que antes era o Congo Belga. Sua idade é desconhecida, mas ele pode ter 12 ou 13 anos

-  Levado de navio para Nova Orleans para ser exibido naquele ano na Feira Mundial de St. Louis com outros 8 jovens

-  A feira continuou no inverno. Os jovens não tinham abrigo nem roupas adequadas para o frio

-  Em setembro de 1906, foi exibido por 20 dias no Zoológico do Bronx, em Nova York. O show atraiu multidões

-  A indignação dos ministros cristãos pôs fim ao seu encarceramento. Ele foi levado para o Howard Orphan Asylum of Color em Nova York, administrado pelo Rev. Africano-Americano James H. Gordon

-  Em janeiro de 1910, ele foi morar na Escola e Seminário Lynchburg para Estudantes Negros na Virgínia.

-  Lá, ele ensinou as crianças vizinhas a caçar e pescar, e contou-lhes histórias e aventuras da vida em sua terra.

-  Acredita-se que mais tarde ele tenha ficado deprimido porque sentiu falta de sua terra natal e, em março de 1916, atirou em si mesmo com uma arma escondida. Estima-se que quando ele morreu tinha 25 anos

Fonte | Livro "Show: a incrível vida de Ota Benga ", de Pamela Newkirk

 

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS