Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
29°
cotação atual R$

Notícias / Mundo-Notícias

PREMATUROS

Menina grávida  afirma que criança de 10 anos é o pai do filho

terça-feira, 07/07/2020, 22:29 - Atualizado em 07/07/2020, 22:51 - Autor: Com informações do Daily Star


| Reprodução / Facebook

Uma adolescente grávida na Rússia, que afirmou que um menino de 10 anos era o pai de seu filho, foi levada às pressas para o hospital por risco de parto prematuro, nesta terça-feira (7), na Rússia.

Darya Sudnishnikova tinha apenas 13 anos no ano passado quando surpreendeu ao aparecer na TV para dizer que o menino Ivan, de apenas 10 anos, era o pai de seu filho .

Mais tarde, Darya mudou a versão e disse que foi estuprada por um garoto de 16 anos. Ela alegou ter se sentido envergonhada para dizer a verdade. Mesmo assim Ivan, que agora tem 11 anos, prometeu criar a menina com ela.

Agora, há temores de que o bebê possa nascer 31 semanas após a gravidez, deixando-a com "mais medo do que nunca", de acordo com o jornal Daily Star.

O caso provocou grande controvérsia em sua terra natal e Darya, agora com 14 anos, tornou-se uma estrela da mídia social em sua terra natal, com quase um milhão de pessoas seguindo sua gravidez.

Do suposto estupro, ela disse que seu bebê seria submetido a um teste de DNA após o nascimento e a polícia decidirá sobre a ação contra seu suposto agressor.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS