Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
26°
cotação atual R$

Notícias / Mundo-Notícias

ABSURDO

Mulher é baleada ao arrancar bandeira nazista do jardim de residência

quinta-feira, 02/07/2020, 15:10 - Atualizado em 02/07/2020, 15:13 - Autor: Redação


| Reprodução

Uma mulher foi baleada quatro vezes ao tentar remover uma bandeira nazista do jardim de uma residência em Hunter, Oklahoma, nos Estados Unidos.

Segundo o portal Daily Star, que noticiou o caso, a moça está no hospital tentando se recuperar dos tiros disparados por Alexander John Feaster, de 44 anos.


De acordo com a polícia local, que atendeu a ocorrência, Kyndal McVey, de 26 anos, estava em uma festa em uma casa do outro lado da rua quando se atreveu a remover as bandeiras repulsivas que estavam hasteadas no jardim da residência do agressor.

A casa de Alexander John Feaster tem várias bandeiras voando do lado de fora

Vizinhos dizem que Feaster é recluso e ninguém gosta das bandeiras do lado de fora de sua casa

O incidente aconteceu na madrugada de domingo (28). O Gabinete do Xerife do Condado de Garfield disse que recebeu relatos de tiros sendo disparados em Hunter por volta das 3 da manhã.

Veja mais:

Homem vai a bar com braçadeira nazista e gera revolta na internet

Governo Bolsonaro usa expressão semelhante a slogan nazista para divulgar ações na pandemia


De acordo com o xerife do condado, em depoimento ao portal de notícias de Oklahoma KFOR, quando Kyndal estava voltando com bandeira, alguém alertou que o proprietário estava armado. "Ela largou a bandeira na entrada da garagem e os tiros foram disparados", disse.

A polícia foi acionada e, ao chegar, prendeu Feaster, que ainda estava em sua residência.

O homem foi preso e não possuía antecedentes. O caso foi registado no Centro de Detenção do Condado de Garfield por disparos com a intenção de matar e agressão com arma perigosa.

Uma busca na casa do suspeito revelou pelo menos 14 armas e munições associadas.

Feaster, 44 anos, foi preso no local e aguarda sua audiência no tribunal

Um vizinho, que não quis ser identificado, disse à mídia local que "nunca houve realmente um problema" sobre Feaster arvorar as bandeiras nazistas em sua casa.

"Suas bandeiras foram roubadas algumas vezes quando ele as hasteou, mas nada aconteceu. É a primeira vez que reage com violência", disse o vizinho. "Ele está corta as gramas da vizinhança e sorri e acena para todos. Ninguém realmente o conhece", acrescentou o vizinho, que afirmou que Feaster é uma pessoa bem reservada.

Outro vizinho disse ao 9 News: "Ninguém gosta das bandeiras penduradas ali, mas não há muito o que fazer. Mas não vou julgar ninguém por tentar derrubá-las".

Há relatos de que o homem também usa uma roupa preta completa com braçadeira de suástica vermelha em público. Ele está detido no Centro de Detenção do Condado de Garfield sem fiança.

O promotor público ainda está decidindo se alguma acusação deve ser feita contra a mulher por inicialmente ter pego a bandeira nazista da propriedade de Feaster.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS