Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
26°
cotação atual R$

Notícias / Mundo-Notícias

ESTAVA BÊBADA

Professora pratica ato sexual em jovem de 15 anos durante formatura e é presa

terça-feira, 30/06/2020, 16:16 - Atualizado em 30/06/2020, 16:20 - Autor: Daily Star


Leslie justificou o ato dizendo estar bêbada
Leslie justificou o ato dizendo estar bêbada | Reprodução

Uma professora foi presa após cometer um ato sexual em um garoto de 15 anos em uma festa de formatura.

Leslie Bushart, 49 anos, ex-professora da Escola Secundária Lake Gibson, na Flórida, teria dito à polícia que participou de uma festa de formatura da irmã mais velha da vítima, no dia 6 de junho, quando o suposto encontro aconteceu.

De acordo com o relatório do xerife do condado de Polk (PCS), Bushart disse aos policiais que ela e o garoto, em um determinado momento, se afastaram da multidão. “Ela tentou fumar maconha, mas estava tão bêbada que não conseguiu acendê-la. Nesse ponto, ela começou a fazer sexo oral na vítima", diz o relatório.

O lançamento continuou e disse que Bushart e o adolescente voltaram à festa, quando o professor começou a conversar sobre o que havia acontecido.

Segundo as autoridades, “Bushart disse a outra pessoa naquela festa que ela havia acabado de fazer sexo oral na vítima adolescente". Essa pessoa contou o caso à mãe da vítima, que confrontou Bushar. Após, a ex-professora rapidamente saiu da festa.

Ela teria procurado a mãe da vítima no Facebook Messenger depois da festa e disse que estava bêbada. Os pais do menino informaram a polícia e uma investigação foi aberta em 16 de junho.

Bushart agora está detida na Cadeia do Condado de Polk.

Na sexta-feira, Grady Judd, funcionário da PCS, disse que a mãe da vítima estava furiosa.

Bushart trabalhou na escola por 29 anos e trabalhou em várias outras escolas do condado, de acordo com a mídia local. Desde então, ela foi colocada em licença administrativa e o distrito escolar iniciou um processo para demití-la.

O xerife Judd disse que o suposto comportamento de Bushart era uma "traição".

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS