Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
26°
cotação atual R$

Notícias / Mundo-Notícias

INVESTIGAÇÃO

Indígena de 13 anos é estuprada por 7 soldados do exército colombiano

quarta-feira, 24/06/2020, 14:59 - Atualizado em 25/06/2020, 15:56 - Autor: Com informações do Portal do Holanda


| Reprodução/Exército Colombiano

Uma indígena de 13 anos foi vítima de estupro praticado por um grupo de sete soldados do exército colombiano. O crime veio à tona após a mídia local divulgar o ocorrido, nesta quarta-feira (24). O exército está investigando o caso e a suposta participação dos militares. O crime ocorreu na Colômbia.

Um oficial soube do ocorrido na última segunda-feira (22), em uma base militar em Pueblo Rico, e relatou o caso a um comandante da unidade, para que a denúncia fosse averiguada.  A instituição declarou que já começou a impor ações disciplinares.

De acordo com o jornal “El Tiempo”, o comando afirmou que rechaça o crime, que vai contra os seus valores institucionais.

Mãe e padrasto são presos acusados de estupro e morte de criança de 1 ano

Trio amarra jovem e a estupra durante três horas dentro de quitinete
O ministro da Defesa da Colômbia também se pronunciou sobre o caso em uma rede social. “Muito grave e completamente reprovável o abuso sexual da menina indígena por parte de soldados. Eu dei instrução ao exército colombiano para tomar as medidas correspondentes e a colaborar com o Ministério Público na investigação. Os responsáveis merecem uma punição severa", destacou.

O comandante do exército, general Eduardo Zapateiro, também disse que apoia as investigações.

A vítima, uma adolescente do povo Emberá-Chamí, foi levada a um posto de saúde, de acordo com informações do comando do exército. Funcionários da Delegacia da Família estão em contato com a menina.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS