Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
26°
cotação atual R$

Notícias / Mundo-Notícias

SURPRESA

Mulher dá à luz quadrigêmeos idênticos em meio a pandemia.

quinta-feira, 21/05/2020, 17:57 - Atualizado em 21/05/2020, 17:57 - Autor: Com informações Bebemamae.com


Os quadrigêmeos idênticos Harrison, Hardy, Henry e Hudson
Os quadrigêmeos idênticos Harrison, Hardy, Henry e Hudson | Reprodução/ Arquivo Pessoal

Uma mãe deu à luz quadrigêmeos idênticos durante em meio a pandemia do novo coronavírus na cidade do Texas nos Estados Unidos. De acordo com os especialistas, ter quatro bebês idênticos é algo raríssimo. Para se ter uma ideia, só existe o registro de 72 casos de quadrigêmeos idênticos na história da medicina.

As chances de se engravidar de quatro bebês idênticos são de cerca de um em quinze milhões e ao contrário das gestações múltiplas em que os bebês não são idênticos, este tipo de gestação não tem maiores chances de ocorrer sem algum tipo de tratamento.

A mamãe Jenny Marr, 35 anos, e seu marido Chris Marr, 35 anos engravidaram de forma natural. E com 10 semanas de gestação eles resolveram realizar a primeiro ultrassom. Até então, o casal , ambos filhos únicos, jamais imaginaram que estariam esperando mais de um bebê.

Os quadrigêmeos idênticos Harrison, Hardy, Henry e Hudson
Os quadrigêmeos idênticos Harrison, Hardy, Henry e Hudson Reprodução/ Arquivo Pessoal
 

Em entrevista ao jornal norte-americano The Washington Post, Jenny contou em detalhes como foi receber essa grande surpresa. "A Dra. Lauren Murray então começou a fazer o ultrassom e fez uma cara esquisita. Eu imediatamente achei que havia algo errado com o bebê, então pergunte se havia algum problema e a médica respondeu: ‘Não, nada errado. Na verdade, tem três bebês ai dentro!’”, Jenny! 

Assim que ficou sabendo da novidade, o papai Chris desmaiou. Pouco depois, ele acordou e tanto Chris quanto Jenny choraram. “Pode parecer horrível dizer isso, mas eu não sei se foram necessariamente lágrimas de felicidade. Nós estávamos apavorados”, confessou Chris.

Reprodução/ Arquivo Pessoal
 

O obstetra então indicou o casal para uma consulta com o Dr. Brian Rinehart do Texas Health Presbyterian Hospital Dallas, por ele ser especializado em gestações de risco.

Na semana seguinte, o casal realizou um nova ultrassom no consultório do Dr. Brian e então mais uma surpresa. “Ela começou o ultrassom e após algum tempo disse: olha, eu tenho 100% de certeza que tem um 4º bebê ai!”, relembra Chris.

Diante desta notícia, Chris chegou até a brincar com a situação para sua esposa: “Eu falei para não irmos mais a nenhuma consulta porque a cada nova consulta o número de bebês aumenta!”.

O Dr. Brian também diagnosticou logo no início que se tratavam de quadrigêmeos idênticos. Isto significa que o óvulo fecundado se dividiu em dois e depois estes dois se dividiram em mais dois, formando quatro embriões e futuramente os quatro bebês.

Os pais Jenny e Chris com seus quadrigêmeos idênticos
Os pais Jenny e Chris com seus quadrigêmeos idênticos Reprodução/ Arquivo Pessoal
 

Em casos assim, os quatro bebês dividiram a mesma placenta, o que fez a gestação perigosa para eles. “Apesar de tudo, eu decidi logo no início que iria manter uma mentalidade positiva na gravidez e aguentar os problemas que iriam vir”, contou Jenny.

E assim ela fez até chegar na 28ª semana quando entrou em trabalho de parto. Os quadrigêmeos nasceram no dia 15 de março, justamente quando os casos de coronavírus estavam se intensificando nos Estados Unidos e a quarentena estava começando. “Ai eu fiquei realmente com medo”, relatou Jenny.

Os quadrigêmeos idênticos Harrison, Hardy, Henry e Hudson
Os quadrigêmeos idênticos Harrison, Hardy, Henry e Hudson Reprodução/ Arquivo Pessoal
 

Felizmente, correu tudo bem na cesárea de Jenny e em apenas três minutos os meninos Harrison, Hardy, Henry e Hudson nasceram, por serem prematuros, os bebês precisaram ficar internados por algumas

O último dos quatro irmãos recebeu alta na semana passada. Agora, a família segue em isolamento e se adaptar aos cuidados com quatro recém-nascidos. O casal colocou pulseirinhas com cores diferentes em cada filho para ajudar na diferenciação. “Mas mesmo assim nós ainda confundimos eles direto!”, confessou Chris.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS