Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
29°
cotação atual R$

Notícias / Mundo-Notícias

PANDEMIA

Alemanha registra surto de Covid-19 em frigoríficos

segunda-feira, 18/05/2020, 19:13 - Atualizado em 18/05/2020, 18:13 - Autor: Com informações MSN Notícias


Mais de 90 funcionários de abatedouro testaram positivo para o novo coronavírus.
Mais de 90 funcionários de abatedouro testaram positivo para o novo coronavírus. | Reprodução

Um grande surto de Covid-19 foi identificado num abatedouro alemão nesta segunda-feira (18). Esse é o quarto caso registrado em instalações de processamento de carne no país em apenas duas semanas.

Desta vez, ao menos 92 funcionários de um matadouro em Dissen, na Baixa Saxônia, testaram positivo para a doença, anunciou a prefeitura de Osnabrück. Os infectados e seus familiares foram colocados em quarentena e a produção foi interrompida.

O "gabinete de crise do coronavírus" do governo alemão planeja discutir mudanças nos regulamentos de segurança no trabalho, com especial atenção aos abatedouros. Surgiram preocupações em relação às condições de trabalho e de vida em frigoríficos, nos quais grande parte dos trabalhadores é temporária e vem de países do Leste Europeu, o que possibilita a carne barata vendida na Alemanha.

A reunião planejada para esta segunda-feira sobre as condições de trabalho nas instalações de processamento de carne do país foi adiada para a próxima quarta-feira (20).

De acordo com a imprensa, o ministro alemão do Trabalho, Hubertus Heil, pretende banir amplamente esse tipo de contrato trabalhista em matadouros e deseja alterar a lei de segurança no trabalho. Isso tornaria mais difícil a atuação de terceirizadas que fornecem mão de obra de países da União Europeia com salários baixos e em condições adversas de trabalho.

Nas últimas duas semanas, frigoríficos nos estados de Schleswig-Holstein e Renânia do Norte-Vestfália também tiveram que fechar depois que centenas de trabalhadores testaram positivo para o coronavírus.


Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS