Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
31°
cotação atual R$

Notícias / Mundo-Notícias

RADIAÇÃO

Incêndio em floresta radioativa de Chernobyl causa medo de nova contaminação

domingo, 12/04/2020, 21:39 - Atualizado em 12/04/2020, 21:52 - Autor: Com informações Gazeta do Povo


| Reprodução/Youtube

Bombeiros lutam para controlar chamas que queimam florestas radiativas desde o dia 4 de abril deste ano, no território abandonado ao redor da usina de Chernobyl, localizada na Ucrânia, leste europeu, onde ocorreu o pior acidente nuclear da história, em 1986.

O fogo começou em uma área de 20 hectares e atingiu 35 hectares em 3 dias. Mas já se tem notícias que as chamas se propagaram por, no mínimo, 100 hectares no setor florestal nos arredores da central nuclear, que fica à aproximadamente 100 Km da capital ucraniana, Kiev.

Segundo cientistas, a fumaça que se move desde o local da antiga planta nuclear em direção a Kiev não contém concentração perigosa de compostos radioativos. O centro estadual de radiação e segurança nuclear, informou que era esperado que a fumaça contaminada chegasse a Kiev neste fim de semana. 

Na última sexta-feira (10), Andrei Vatolin, diretor dos serviços de emergência da capital ucraniana, disse que a situação continuava tensa na região, e que mais 50 membros do serviço foram ao local para ajudar as equipes que trabalham para manter a situação sob controle. "Espero que com o esforço conjunto, esse infortúnio seja superado", disse Vatolin, de acordo com a agência russa Tass. Cerca de 400 bombeiros, 100 caminhões e alguns helicópteros foram mobilizados para combater as chamas na região desabitada.

A causa dos incêndios ainda não foi descoberta. Uma das possibilidades é que tenha sido iniciado intencionalmente por agricultores, para remover resíduos deixados após a colheita de cereais em campos próximos ao local.

O assunto chegou a ser um dos mais comentados no Twitter e, apesar da distância, os internautas brasileiros reagiram. Veja:


Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS