Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
30°
cotação atual R$

Notícias / Mundo-Notícias

PANDEMIA

Greta diz que se isolou por suspeita de coronavírus

terça-feira, 24/03/2020, 18:33 - Atualizado em 24/03/2020, 18:33 - Autor: Com informações Pleno News


Ativista se manifestou por meio de uma rede social
Ativista se manifestou por meio de uma rede social | Reprodução

A ativista ambiental sueca Greta Thunberg resolveu usar as redes sociais na tarde desta terça-feira (24), para explicar que se isolou nas duas últimas semanas como medida de precaução devido a suspeitas de ter sido infectada pelo novo coronavírus.

"Quando voltei da minha viagem à Europa Central, me isolei em um apartamento emprestado, longe da minha irmã e da minha mãe, pois o número de casos da COVID-19 na Alemanha, por exemplo, era semelhante aos da Itália no começo"; escreveu no Instagram.

Greta disse ainda que começou a apresentar sintomas há cerca de dez dias, assim como o pai, com quem viajou para Bruxelas, na Bélgica. Os dois sentiram cansaço, calafrios e tosse, e Svante Thunberg ainda teve febre.

Na Suécia, apenas pessoas em estado grave são testadas para a Covid-19, mas as autoridades recomendam que as pessoas com sintomas sejam isoladas em suas casas.

"É por isso que não consegui fazer o teste, mas é muito provável que tenha tido o coronavírus, dada a combinação de sintomas e circunstâncias"; detalhou.

Thunberg disse já estar recuperada e considera que o último resfriado que teve foi bem pior. Para a ativista, isso mostra que o coronavírus é muito perigoso.

"Muitas pessoas, principalmente as mais jovens, podem não perceber que têm sintomas muito leves e assim infectar pessoas de grupos de risco. Aqueles de nós que não estão em um desses grupos têm uma enorme responsabilidade, nossas ações podem ser a diferença entre a vida e a morte para muitos outros"; alertou.

Confira o post da ativista na íntegra!

 



Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS