Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
26°
cotação atual R$

Notícias / Mundo-Notícias

ABORDAGEM AGRESSIVA

Polícia usa arma de choque em homem que estava com filho no colo 

quinta-feira, 07/11/2019, 18:30 - Atualizado em 07/11/2019, 18:30 - Autor: Redação


| Reprodução

A abordagem de um grupo de agentes da polícia se tornou motivo de discussão nas redes sociais. Em um vídeo que circula pela internet, os policiais aparecem usando uma arma de choque contra um homem negro que estava com o filho, de apenas um ano, no colo. O caso ocorreu no Arizona, nos Estados Unidos. 

De acordo com o Departamento de Polícia do Arizona, os policiais foram até o local atender uma ocorrência de violência doméstica. Uma mulher ligou para o serviço de emergência informando que seu marido, Oakry, havia chegado bêbado e que o mesmo teria a empurrado. Ela chegou a sair de casa, mas deixou os filhos com o suposto agressor. 

Quando chegaram à residência, os agentes perguntaram o que estava acontecendo, mas o homem respondeu apenas "nada". Em seguida, os policiais entraram e apontaram uma arma de  choque contra Oakry. Os três filhos do casal estavam na sala no momento da ação. Com medo, as crianças começaram a chorar e gritar. 

As imagens foram feitas pela câmera do uniforme de um dos policiais. Um dos agentes pede para que o homem coloque as mãos para cima. O pedido foi aceito, mas um dos filhos do casal, de um ano, correu em direção do pai, que o colocou no colo. 

Os policiais pedem para que o homem tire a criança de seus braços, mas ele se recusa. Após algumas tentativas, os agentes decidem disparar contra Oakry, que cai no chão junto com a criança. Uma policial corre para retirar o bebê do chão enquanto outros policiais continuam disparando a arma de choque contra o homem.

Apesar das duras críticas recebidas, a chefe de polícia do local, Sylvia Moir, saiu em defesa da ação policial. "Essas crianças inocentes e sua mãe foram prejudicadas pelo suspeito e qualquer sugestão de que alguém, exceto esse suspeito, colocava elas em perigo é irresponsável", disse.

Em contrapartida, o advogado de Oakry, sua família e ativistas acusam a polícia de usar força excessiva durante a abordagem. Advogados do movimento Black Lives Matter de Phoenix pediram o "fim imediato de uso da força contra crianças" e exigiram a demissão dos policiais envolvidos no caso de Oakry.

(Com informações do UOL)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS