Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
25°
cotação atual R$

Notícias / Mundo-Notícias

PESQUISA

Japoneses pintam vacas com cores de zebras para confundir moscas

quarta-feira, 09/10/2019, 18:05 - Atualizado em 09/10/2019, 18:05 - Autor: (Com informações engenhariae.com)


O estudo mostra que a técnica é mais eficaz que produtos tóxicos ao animal e ao meio ambiente.
O estudo mostra que a técnica é mais eficaz que produtos tóxicos ao animal e ao meio ambiente. | (Divulgação)

Pesquisadores japoneses resolveram pintar um grupo de vacas pretas com listras brancas para confundir as moscas. Os animais ficaram com aparência quase parecida com zebras.

A decisão tem como objetivo confundir um tipo específico de moscas. De acordo com os especialistas, os insetos mostraram ter seus sistemas de detecção de movimento embaralhados pelas listras e isso acaba fazendo com que elas se afastem dos animais.

Para o experimento, foram pintadas seis vacas pretas com listras em preto e branco semelhantes à zebra. A partir de então, eles observaram um grupo de vacas, com e sem as listras, por três dias. Os resultados foram publicados recentemente na Plos One.

Os cientistas tiraram fotos em alta resolução do gado em momentos diferentes. Ao examinar as imagens, eles foram capazes de contar o número de moscas que pousavam nos animais. Outros indicadores foram a frequência com que as vacas bateram as pernas ou moveram as caudas devido às moscas que as incomodavam.

Em entrevista a um jornal local, os responsáveis pelo estudo disseram que a técnica se mostrou bastante eficaz.

“Descobrimos que pintar listras tipo zebra em vacas pode diminuir a incidência de moscas em 50%”, de acordo com os resultados do estudo.

(Divulgação)
 

O estudo prova ainda que pode haver uma opção melhor do que os meios tradicionais de repelir moscas do gado. Atualmente, a indústria agrícola depende em grande parte do uso de pesticidas em animais para combater o problema.

“Este trabalho fornece uma alternativa ao uso de pesticidas convencionais para mitigar os ataques de moscas no gado, melhorando o bem-estar animal e a saúde humana, além de ajudar a resolver o problema da resistência a pesticidas no ambiente”, afirmou o estudo.

Basta uma pequena quantidade de tinta para confundir as pequenas pragas voadoras para corrigir esse problema.

O estudo mostra que a técnica é mais eficaz que produtos tóxicos ao animal e ao meio ambiente.
O estudo mostra que a técnica é mais eficaz que produtos tóxicos ao animal e ao meio ambiente. | (Divulgação)
O estudo mostra que a técnica é mais eficaz que produtos tóxicos ao animal e ao meio ambiente. | (Divulgação)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS