Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis


30°
R$

Notícias / Mundo-Notícias

ACIDENTE

Homem fica preso em montanha por 4 dias após escorregar

sexta-feira, 09/08/2019, 19:20 - Atualizado em 09/08/2019, 19:20 - Autor: Com informações Metrópoles


Cerca de 200 homens trabalharam para libertá-lo do local em mais de 10 horas de trabalho.
Cerca de 200 homens trabalharam para libertá-lo do local em mais de 10 horas de trabalho. | (Reprodução)

Um homem identificado como  Sum Bora de 28 anos ficou gravemente ferido após ficar preso na fenda de uma montanha durante quatro dias a, ele havia escorregado enquanto coletava fezes de morcego no Camboja. A família do rapaz só foi procurar o-lo três dias após perceber que ele não tinha retornado para casa.

Cerca de 200 homens trabalharam para libertá-lo do local em mais de 10 horas de trabalho.
Cerca de 200 homens trabalharam para libertá-lo do local em mais de 10 horas de trabalho. (Reprodução)
 

De acordo com a imprensa, um dos irmãos da vítima o encontrou preso já sem forças na fenda e as pressas acionou o serviço de emergência. Cerca de 200 homens trabalharam para tentar libertá-lo do local.

Cerca de 200 homens trabalharam para libertá-lo do local em mais de 10 horas de trabalho.
Cerca de 200 homens trabalharam para libertá-lo do local em mais de 10 horas de trabalho. (Reprodução)
 

Segundo o porta-voz da polícia local, foram mais de 10 horas e Sareth foi levado para o hospital em estado grave, apresentando desidratação e desnutrição.

Para os agentes, o rapaz disse que no momento do acidente, ele estava coletando fezes de morcego porque esse é considerado um ótimo fertilizante para as plantações e alguns fazendeiros da região compram o produto.

Cerca de 200 homens trabalharam para libertá-lo do local em mais de 10 horas de trabalho.
Cerca de 200 homens trabalharam para libertá-lo do local em mais de 10 horas de trabalho. | (Reprodução)
Cerca de 200 homens trabalharam para libertá-lo do local em mais de 10 horas de trabalho.
Cerca de 200 homens trabalharam para libertá-lo do local em mais de 10 horas de trabalho. | (Reprodução)
Cerca de 200 homens trabalharam para libertá-lo do local em mais de 10 horas de trabalho.
Cerca de 200 homens trabalharam para libertá-lo do local em mais de 10 horas de trabalho. | (Reprodução)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS