Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis


23°
R$

Notícias / Mundo-Notícias

ÁLCOOL x AMAMENTAÇÃO

Mãe intoxica e mata a filha de dois meses após beber e amamentar

sexta-feira, 09/08/2019, 18:11 - Atualizado em 09/08/2019, 18:21 - Autor: Diario Online


Uma bebê de dois meses morreu depois que sua mãe, que é alcoólatra, a amamentou após beber 18 doses de bourbon com Coca-Cola em uma festa.

A pequena Sapphire Williams, de Ahipara, Nova Zelândia, morreu no dia 2 de janeiro de 2017. Em seu sangue, foi encontrada uma quantidade alta de álcool.

Um relatório legista, lançado recentemente sobre a morte de Sapphire, não apontou o álcool como causa direta do óbito. Mas descobriram que a intoxicação pela substância e um ambiente perigoso de sono contribuíram para o final trágico.

A mãe confessou que ela bebeu cerca de 18 doses de bourbon com Coca-Cola na casa de sua prima um dia antes da morte da filha.

O álcool no coração da criança era de 308 miligramas por 100 mililitros de sangue - seis vezes o limite legal para um motorista na Nova Zelândia.

Os toxicologistas, confusos, fizeram o teste pela segunda vez, mas os resultados foram os mesmos em ambos os casos, segundo o New Zealand Herald.

A juíza Debra Bell acredita que a morte de Sapphire poderia ter sido evitada. “Infelizmente, sua mãe escolheu beber uma grande quantidade de álcool e, posteriormente, optou por amamentá-la”, disse.

“(A mãe) aceita que o álcool no sangue de Sapphire deve ter vindo do consumo. As ações da mãe de Sapphire destacam o que foi bem documentado; o álcool pode passar para uma criança através do leite materno ”.

De acordo com o relatório post-mortem, as possíveis causas de morte incluíram intoxicação alcoólica aguda, ambiente perigoso para dormir, prematuridade, possível septicemia e asfixia.

O bebê e sua irmã gêmea Honey nasceram prematuramente às 33 semanas em 2016.

No entanto, Sapphire tinha perdido doses prescritas de vitamina C e ferro, que haviam sido deixadas na antiga casa da família, pouco antes de sua morte.

Sua mãe normalmente usava leite em pó para alimentar a criança, mas amamentava para acalmar o bebê enquanto esperava que a garrafa esfriasse.

ÁLCOOL X AMAMENTAÇÃO

Boas notícias mães: você pode beber álcool durante a amamentação - mas apenas com moderação.

Especialistas recomendam que as mães não bebam mais do que duas unidades de bebida alcoólica, duas vezes por semana.

Para colocar isso em contexto, uma unidade equivale a uma dose de 25ml, meio litro de cerveja ou um copo de vinho de 125ml.

Isso significa que uma dose dupla de bebida espirituosa, uma cerveja ou um copo de vinho grande (250 ml) é o limite do dia.

Beber mais de duas unidades por dia pode afetar o desenvolvimento do bebê, de acordo com alguns estudos. O que significa que não vale a pena o risco.

E os pais que bebem devem ter certeza de que há algum adulto sóbrio à disposição para cuidar de crianças pequenas.

Nunca compartilhe uma cama ou um sofá com seu bebê se tiver tomado uma bebida, pois isso pode aumentar o risco de síndrome da morte súbita infantil (SIDS).


Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS