Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis


32°
R$

Notícias / Mundo-Notícias

INSPEÇÃO SURPRESA

Mais de 20 filhotes de leão são encontrados dentro de freezer

quinta-feira, 08/08/2019, 20:08 - Atualizado em 08/08/2019, 20:08 - Autor: Paloma Lobato


| Reprodução

Uma inspeção surpresa realizada em uma fazenda de caça resultou na apreensão de mais de 20 filhotes de leões e tigres. Os corpos dos animais estavam armazenados em um freezer. No local, também foram encontrados animais em situação de maus-tratos. O caso ocorreu em uma fazenda localizada na África do Sul. 

Segundo o fundador da Campanha de Proibição da Caça ao Troféu, Eduardo Gonçalves, os animais nasceram em cativeiros para serem criados e, posteriormente, abatidos por turistas em uma modalidade conhecida como fuzilamento por troféu. "É simplesmente obsceno. Os animais são mantidos em condições terríveis e seus donos tiram uma fortuna de sua miséria", disse Eduardo. 

"Os ossos muitas vezes são vendidos a revendedores suspeitos na Ásia que fabricam medicamentos falsificados. Essa é a realidade da pecuária de fábrica de felinos na África do Sul", explicou Gonçalves durante uma entrevista ao jornal britânico "The Sun".

Ver esta publicação no Instagram

BREAKING NEWS: @nspca.rsa did a follow-up visit to the same farm in the North West Province, only to find more lion cubs in a devastating physical condition. On further investigation, the NSPCA found a chest freezer with approximately 20 carcasses of lion and tiger at varying ages. The NSPCA removed a further five carcasses for post mortem examinations to determine the cause of death, and will be laying further charges in terms of the Animals Protection Act No 71 of 1962. This comes after 108 lions, caracal, tigers and leopards were found in filthy and parasitic conditions in April this year and charges were laid against the owner, which also happens to be a South African Predator Association member. This video was taken of a cub on site. "It appears the extent of cruelty and neglect has no boundaries within the predator breeding industry in South Africa. We strongly urge the public, tourism and government bodies to put a stop to this industry. Read the full Blood Lions statement on their Facebook Page and let the government hear your voice by emailing: # Hon.Minister Creecy of Environment - [email protected] # Head of Communications for Environment - Mr Albi Modise: [email protected] # SA Predators Association - [email protected]

Uma publicação partilhada por YouthForLions (@youthforlions) a

(Com informações do Meia Hora) 

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS