Diário Online

Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
26°
cotação atual R$

Notícias / Marabá

INCÔMODO

Disque Denúncia registra aumento em reclamações de perturbação da ordem pública 

No sudeste paraense, o Disque Denúncia recebe diariamente reclamações sobre perturbação da ordem pública, sendo um dos crimes mais denunciados na central.

segunda-feira, 15/03/2021, 10:08 - Atualizado em 15/03/2021, 10:08 - Autor: Com informações do portal Pebinha de Açucar


| Reprodução

Diante do cenário de uma pandemia causado pelo novo coronavírus, estamos passando por momentos difíceis e totalmente atípicos. O momento pede empatia pelas milhares de vidas perdidas para a covid-19 e também pelas famílias que perderam entes queridos ou que estão com familiares internados lutando pela vida. No entanto, ainda há muitas pessoas que mesmo com o cenário não se sensibilizam e insistem em fazer festas e até colocar música com um volume alto, assim como estabelecimentos que insistem em abrir e aglomerar pessoas. 

No sudeste paraense por exemplo, o Disque Denúncia recebe diariamente reclamações sobre perturbação da ordem pública, sendo um dos crimes mais denunciados na central. Entre 14 de setembro de 2020 e 13 de fevereiro de 2021 a central recebeu 1.871 denúncias sobre perturbação da ordem pública. O que tem incomodando bastante a população, pois além de ser crime, ainda se caracteriza como falta de empatia e de respeito pelas pessoas que estão enfrentando o luto e aquelas que estão com Covid-19, isoladas em casa.

A maioria das ocorrências registram barulho em residências (70,4%), estabelecimentos comercias (18,6%), logradouros públicos (9,9%), estabelecimentos religiosos (0,6%) e estabelecimentos de eventos e lazer (0,5%). As fontes emissoras mais utilizadas são caixa de som (80%), som automotivo (18%), ruído industrial (1,2%), ruído automotivo (0,2%) e instrumentos sonoros (0,3%).

Os locais de maior incidência da perturbação da ordem pública são bares (34,1%), vias públicas (25,6%), casas de eventos (5,8%), oficinas de automotores (4,5%), lojas (3,5%), praças (3,2%), lava jato (3%), orla (2,4%), clubes de esportes (2,4), distribuidoras de bebidas (1,7%), pizzarias (1,7%), comércios (1,7%), serralherias (1,5%), conveniências (1,3%) e feiras com (0,75) das denúncias recebidas.

Através de campanhas, o Disque Denúncia busca dar voz a população que está sofrendo em casa, doente com covid-19 e que precisa de compreensão respeito em relação à perturbação do sossego. Ressaltando que a população pode se divertir de forma consciente, utilizando o som de forma ambiente, sem incomodar e prejudicar a saúde psicológica das outras pessoas.

Para realizar as denúncias anônimas a população pode entrar em contato com a central de atendimento através do telefone fixo e WhatsApp (94) 3312-3350, ou pelo aplicativo do Disque Denúncia Sudeste do Pará disponível para IOS e Android.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS