Diário Online

Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
23°
cotação atual R$

Notícias / Marabá

AGRONEGÓCIO

Empresário do ramo da piscicultura recebe Troféu Agropará

O Troféu Agropará premia todos os anos empresas e ações que se destacam todos os anos no ramo do agronegócio em todo o estado, atualmente é o maior prêmio do norte e nordeste do país.

terça-feira, 09/03/2021, 11:38 - Atualizado em 09/03/2021, 12:02 - Autor: Michel Garcia/ De Marabá


| Reprodução

O empresário e piscicultor Moisés Guimarães foi o grande campeão da categoria Pisicultura do Troféu Agropará, promovido pela revista Agropará, encarte aos domingos do jornal DIÁRIO DO PARÁ. O Troféu Agropará premia todos os anos empresas e ações que se destacam todos os anos no ramo do agronegócio em todo o estado, atualmente é o maior prêmio do norte e nordeste do país.

O projeto vencedor de Moisés Guimarães utiliza a recirculação de água para a produção de peixes conhecido como Sistema Fechado de Produção de Pescado, utilizado há dez anos pela empresa dele, a Projeto Peixe. "Hoje nós produzimos várias espécies em sistemas fechados, isso significa um pequeno volume de água, um espaço pequeno para uma grande produção de pescado", explica ele.

"Se for comparado com o sistema tradicional, o sistema de lagos tanques escavados, como os de mil metros por exemplo, em um tanque desses eu faço 2 toneladas de pescado", declara Moisés Guimarães. "Além disso eu tenho uma qualidade de água, controle maior da produção eu consigo gerenciar isso de uma forma mais eficiente, mais econômica até do que no modo tradicional, otimizando até mesmo os custos com a ração", explica o piscicultor.

 

Reprodução
 

Moisés Guimarães trabalha com quase todas as espécies comerciais desde Tilápia, Tambaqui, Itinga, Caranha, Pirarucu, Pintado, Tabatinga, Lambari entre outros. O Tucunaré ainda não é trabalhado por ele, porque segundo Moisés, o peixe não come ração. "Mas é um sonho termos uma unidade produtiva para produzir alevinos e fazermos engorda de Tucunaré", diz.

O Projeto Peixe está em quatro municípios, Marabá, Ipixuna do Pará, Itupiranga e Bom Jesus do Tocantins e no país a empresa está em nove estados como São Luiz (MA), Maceió (AL), Bahia, Tocantins, Goiás, Brasília, São Paulo, Rio de Janeiro, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul.

PLANOS

O empresário e piscicultor Moisés Guimarães, ganhador do Troféu Agropará tem um sonho ambicioso, transformar o estado do Pará no maior produtor de pescado do país. "A nossa luta dentro da atividade é transformar o estado do Pará no maior produtor do país e para isso ele pretende vencer algumas barreiras, até mesmo estreitando relacionamento com prefeituras e com o governo do estado.

Em relação ao incentivo a produção artesanal, tão comum em nossa região, Moisés Guimarães acredita que é preciso haver um interesse das secretarias municipais de pesca ou de agricultura, em fortalecer a piscicultura familiar por meio de associações ou agroindústrias. "Para dar suporte ao pequeno produtor, com apoio técnico, e apoio financeiro", declarou.

O PRÊMIO

O Troféu Agropará é um momento de reconhecimento da sociedade à alta performance do agronegócio no estado. Motor da economia nacional, o agronegócio desponta, nos últimos anos, como um dos segmentos econômicos que mais evoluiu no nosso estado e no Brasil. o Pará se consolida cada vez mais como a nova fronteira agrícola brasileira com área, clima e logística extremamente favoráveis. E, por isso, tem seus destaques no setor.

O ranking foi elaborado seguindo os critérios de tecnologia, produtividade, sustentabilidade, empreendedorismo, manejo racional, produção, importância do produto para a economia paraense, boas práticas, visão de mercado, geração de empregos, gestão e qualidade do produto.

O ranking da produção animal foi elaborado levando em conta as seguintes categorias: bovinos; bubalinos; equinos, asininos e muares; ovinocultura e suinocultura; avicultura; aquicultura; apicultura e meliponicultura e mercado e distribuição pet.

O ranking da produção vegetal engloba as categorias: grãos (arroz, soja e milho); palma, óleos e gorduras vegetais; açaí; cacau; mandioca e feijão caupi; citros; florestas e madeiras e flores e plantas ornamentais.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS