Diário Online

Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
29°
cotação atual R$

Notícias / Marabá

CRIME E CASTIGO

Acusada de participar de roubo de carro morre durante fuga

Os criminosos perderam o controle do veículo e bateram

quinta-feira, 04/03/2021, 22:46 - Atualizado em 04/03/2021, 23:04 - Autor: Alessandra Gonçalves/Diário do Pará em Marabá


| Divulgação/PM

Uma mulher acusada de participar de um roubo de um automóvel morreu durante uma intervenção policial, no momento em que fugia com o comparsa na madrugada desta quinta-feira (4), em Marabá, no sudeste paraense.  

A vítima Leles Barbosa de Paula foi alvejada na perna, braço direito e abdômen e encontra-se internado em estado grave no Hospital Regional do Sudeste do Pará.

De acordo com a Polícia Militar, uma guarnição foi informada por volta de meia-noite, de que estava ocorrendo um assalto no Bairro Morada Nova. Que um homem havia invadido uma residência e do local roubou R$ 9 mil e um Jeep Renegade. Não conformados, os bandidos ainda haviam baleado a vítima.      

Os militares, então, se dirigiram ao local e tendo a informação de que os bandidos haviam seguido para a Nova Marabá montaram várias barreiras. “Os policiais militares fizeram barreiras de contenção. Os assaltantes venceram a primeira barreira trocando tiro e na segunda, logo após a ponte rodoferroviária houve nova troca de tiros”, contou o delegado Vinícius Cardoso.

Segundo a polícia, os assaltantes entraram em direção à Folha 8, às margens do rio Tocantins e lá perderam o controle e bateram com o veículo. O assaltante que conduzia o veículo, correu trocando tiros com a polícia e se embrenhou no mato.

No banco de passageiro, os policiais se depararam com a comparsa do bandido, identificada como Sara Lourrane da Silva Borges, baleada na cabeça e já em óbito.

Uma ambulância chegou a ser acionada, mas a mulher não apresentava sinais vitais. Após revistas, os policiais flagraram no interior do veículo um revólver calibre 32, cano longo, com duas munições intactas e uma deflagrada; grande porção de maconha; e dois celulares Android.

Uma equipe da Divisão de Homicídios da Polícia Civil também foi acionada para acompanhar a situação. Os materiais apreendidos foram apresentados na 21ª Seccional Urbana de Polícia Civil.  

O delegado Vinícius informou que o caso é tratado como tentativa de latrocínio, seguida de intervenção policial com resultado morte. Um inquérito policial foi instaurado e vai apurar as circunstâncias desse crime de roubo, bem como tentar identificar o assaltante que conseguiu se evadir da ação policial.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS