Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
27°
cotação atual R$

Notícias / Marabá

MATAGAL

Ossada é encontrada às margens da BR-230

No local, uma mala contendo roupas, entre outros objetos que seriam do desaparecido

quinta-feira, 29/10/2020, 21:25 - Atualizado em 29/10/2020, 21:25 - Autor: Alessandra Gonçalves/Diário do Pará em Marabá


| Reprodução

Uma ossada humana foi encontrada na tarde desta quinta-feira (29), em um matagal, às margens da Rodovia Transamazônica, entre Marabá e Itupiranga.

A Polícia Militar foi acionada por moradores dando conta do achado. No local, uma mala contendo roupas, entre outros objetos que seriam do desaparecido.

“É uma ossada e tinha a identidade da provável pessoa. Tem que confirmar através de exame, perícia, mas era uma ossada em total estado de decomposição, só ossada mesmo, já havia se decomposto por total”, informou o tenente Rodrigues, do 34 Batalhão de Polícia Militar.

Às proximidades da ossada, documentos em nome de Wilkson Nunes Silveira, de 48 anos, que era bacharel em Direito e tinha carteira de estagiário da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Seção Pará.

O que chamou atenção da polícia foi que o crânio estava separado do corpo.

O presidente da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), Subseção Marabá, Ismael Gaia informou que tomou conhecimento da situação através da imprensa e que a advogada Carol Leite estava acompanhando o caso. Inclusive, foi a advogada quem deu a notícia a mãe do bacharel em Direito, de que uma ossada havia sido encontrada e próximo documentos do filho dela.

Segundo informações levantadas pela reportagem, o bacharel em Direito estava desaparecido há alguns dias. Ele morava com a mãe. Um sobrinho de Wilkson ficou de comparecer à sede do Instituto Médico Legal (IML) de Marabá para fazer o reconhecimento dos objetos encontrados.

A Polícia Civil também ficou de instaurar inquérito policial para apurar o caso.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS