Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
25°
cotação atual R$

Notícias / Marabá

MARABÁ

Moradores de zona rural entram em pânico e tapam covas abertas pela prefeitura

sexta-feira, 24/04/2020, 20:34 - Atualizado em 24/04/2020, 21:00 - Autor: Igor Reis


| Reprodução Facebook

A comunidade da vila Murumuru, zona rural de Marabá, sudeste paraense, tapou as covas que a prefeitura do município havia mandado cavar na localidade na última quinta-feira (23), para enterrar os prováveis mortos por covid-19.

Os moradores alegam que a operação na pacata localidade deixou todos em pânico. Na região ainda não há casos confirmados e a abertura de supostas 50 covas para enterro coletivo assustou a todos.

O grupo se reuniu durante a madrugada desta sexta-feira (24.) e tapou as oito covas já cavadas pelas retroescavadeiras da prefeitura. De acordo com os moradores, o serviço seria finalizado hoje, totalizando 50 covas. Os moradores alegam que a prefeitura não informou sobre a operação, o que deixou todos ainda mais aterrorizados.

A prefeitura de Marabá lançou uma nota informando que a autorização para a abertura das covas foi feita pela Secretaria de Saneamento Ambiental para limpeza e abertura de oito covas no cemitério da vila Murumuru. O motivo seria para alocar corpos de futuros óbitos que possam acontecer.

A prefeitura negou que seriam abertas 50 covas. Também disse que as covas não são especificamente para mortos por covid-19.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS