Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
30°
cotação atual R$

Notícias / Marabá

TEMPORAL

Chuva causa alagamentos em vários pontos de Marabá

terça-feira, 10/03/2020, 07:01 - Atualizado em 10/03/2020, 07:53 - Autor: Alessandra Gonçalves/RBA TV


Casas e estabelecimentos comerciais foram atingidos pela água
Casas e estabelecimentos comerciais foram atingidos pela água | Divulgação

A chuva que caiu em Marabá nesta segunda-feira (9) provocou alagamentos em vários bairros da cidade do sudeste paraense, principalmente na Feira das Laranjeiras, ruas dos bairros Liberdade, Araguaia e Da Paz, além de duas vias da Folha 29, e em frente à 21ª Seccional de Polícia Civil, na Nova Marabá.

O temporal começou por volta de 8h30 e bastaram poucas horas para a Avenida Boa Esperança, no Bairro Laranjeiras, inundar. A água chegou a entrar em alguns estabelecimentos. Na Rua José Cursino, com a 31 de Março, no mesmo bairro, as ruas pareciam rios.

Um dos moradores do local, Carlos Roberto da Silva, estava surpreso com a quantidade de água. “A cidade não está preparada para essa chuva, muita chuva, muito carro largado nas ruas. É ruim que muitos moradores perderam as suas coisas”, disse.

LIMPEZA

Equipes do Serviço de Saneamento Ambiental de Marabá entraram em ação para fazer a desobstrução de bueiros e grotas, principalmente nos bairros Laranjeiras e Liberdade.

Segundo a prefeitura, nos pontos onde ocorreram alagamentos a causa foi a obstrução total de bueiros por causa de lixo residencial e em outros pela drenagem que escoava a água de forma mais lenta.

A prefeitura informou que o município seguia sem notificações de casos de desalojados e que pessoas que tiveram a residência eventualmente alagada devem acionar imediatamente a Defesa Civil, que já colocou em ação o plano de contingência.

TOCANTINS

Nesta segunda-feira, o nível do rio Tocantins chegou a 9,14 metros. Uma equipe da Defesa Civil municipal realizou o monitoramento em vários bairros da cidade que ficam às margens dos rios Tocantins e Itacaiúnas.

De acordo com Jairo Milhomem, coordenador da Defesa Civil municipal, de domingo (8) para segunda (9), o Tocantins subiu 4 centímetros. “Foi bem tranquila a subida dele, mas nós temos o problema da chuva. Nós estamos com o nosso plano de contingência feito há alguns meses. As instituições, secretarias e órgãos que serão incumbidos nessa tarefa, cada um recebeu o seu plano de contingência e estão prontos para dar esse apoio à Defesa Civil”.

Ainda segundo Jairo, vários abrigos estão sendo preparados para receber famílias se houver enchente. “A maioria são os pontos antigos, como a Obra Kolping, Z-30, onde temos três pontos, o próprio posto Montana, e nós temos o novo, que é o Tatuzão, que caso necessário a gente quer abrigar o pessoal do bairro Amapá. Nós temos o campo do Paraisão, que também foi doado caso seja preciso para o pessoal da Liberdade, Independência. O antigo ponto da feirinha não vai ser usado, que era um ponto tradicional, mas que agora é um centro de lazer”.

Caso o rio suba mais nesta terça-feira (10), a Secretaria Municipal de Urbanismo informa que entrará em ação para limpar as áreas onde serão feitos os abrigos.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS