Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
27°
cotação atual R$

Notícias / Marabá

EXTRAÇÃO MINERAL

Manifestantes bloqueiam BR-155 após fechamento de garimpos em Eldorado dos Carajás

terça-feira, 29/10/2019, 17:00 - Atualizado em 29/10/2019, 17:00 - Autor: Redação


| José Salém

Um grupo de manifestantes fechou, na tarde desta terça-feira (29), a BR-155, na altura do quilômetro 90, em Eldorado dos Carajás, sudeste paraense. A ação é fruto do descontentamento dos manifestantes em relação a uma operação  que reuniu agentes da Polícia Federal (PF), Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama), Polícia Militar (PM) e Ministério Público Federal (MPF) e fechou diversos garimpos e atividades de extração mineral na região. A Polícia Rodoviária Federal acompanha a situação.

Segundo um dos representantes do movimento, que não quis se identificar, entre as reivindicações está o fim das operações de fiscalização. "Eu sou o dono de uma das terras, queimaram nosso maquinário, aqui não é área indígena, não é área de preservação somos todos proprietários e estamos sendo tratados como bandidos", declarou. "Áreas em que tem empresas registradas há 40 anos", explicou.

Até o momento, só é permitida a passagem para ambulâncias, ônibus escolares e cargas vivas. Os manifestantes afirmam que só pretendem encerrar os protestos após conseguirem a presença de algum representante das esferas federais responsáveis pelas fiscalizações.

A fila de veículos começa a ficar grande nos dois sentidos da rodovia, tanto para quem vai de Marabá para Eldorado quanto para quem vem de Parauapebas para Marabá.

OURILÂNDIA

Para chamar a atenção das autoridades, os garimpeiros fecharam a rodovia PA-279, em Ourilândia do Norte, desde a última segunda-feira (28). Um trecho de 12  quilômetros ficou intrafegável. O ponto de bloqueio é em frente ao aeroporto.

Otávio Araújo
 

Nesta terça-feira (29), a via foi liberada por uma hora, sendo 30 minutos para cada lado. Nesta noite o tráfego será liberado por uma hora. Os garimpeiros de pelo menos seis municípios da região querem a presença de representantes do governo federal para negociar a paralisação de queima de equipamentos e máquinas nos garimpos. Eles pedem ainda a legalização dos garimpos.

(Com informações de José Salém/Eldorado dos Carajás)

| José Salém
| José Salém

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS