Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
29°
cotação atual R$

Notícias / Gastronomia

Gastronomia

Vêm 2º fascículo do Passaporte Belém

quarta-feira, 14/12/2016, 07:44 - Atualizado em 22/12/2016, 11:09 - Autor:


O 2º fascículo do “Passaporte Belém - O Melhor da Gastronomia” será encartado amanhã, no DIÁRIO. Jurados falam da importância do projeto para a culinária paraense e para o público em geral


Se o 1º fascículo do “Passaporte Belém- O Melhor da Gastronomia”, publicado pelo DIÁRIO no domingo (11), já deu água na boca, prepare-se: amanhã, sairá o 2º fascículo. Para esta série, 16 personalidades da capital paraense, de variadas profissões, montaram um ranking gastronômico. São 129 lugares, divididos em 23 categorias, que vão desde hamburguerias e pontos de açaí a sorveterias.


 O jornalista e publicitário Anselmo Gama, que participou da fase de seleção dos destaques da culinária de Belém, tem uma sintonia com a gastronomia forte. “A culinária paraense me atrai”, enfatiza. Os grandes destaques de cada uma das categorias listadas no Passaporte Belém serão prestigiados com uma premiação, com a entrega da Estrela Azul. Para Anselmo Gama, o prêmio representa um grande incentivo. “Belém é um mercado disputado. Quem escolhe a culinária deve ter o atendimento como um dos principais requisitos para continuar na área”, opina. 


Gama ressalta a contribuição dada pelo jornal em oferecer o projeto ao leitor. “O DIÁRIO está no caminho certo ao manter o Passaporte Belém. A publicação vem aprimorando a cada edição. Bom para o leitor, que tem um guia para conhecer os melhores locais de Belém, com bom atendimento e boa comida”, aponta. Acostumada a transitar no ambiente gastronômico por causa do seu trabalho, a empresária do ramo de eventos Fátima Petrola, que também é arquiteta, enaltece a publicação, ao afirmar que todos ganham: o empresário, o leitor e a gastronomia. 



INICIATIVA


“Falar de gastronomia em uma publicação é uma excelente iniciativa e serve de incentivo para se conhecer ambientes e diversos paladares”, diz, ao acrescentar que a publicação ajuda também quem trabalha no ramo. “Além de enobrecer a nossa matéria-prima, que se destaca na culinária mundial com seus cheiros e sabores peculiares”. Para o arquiteto e publicitário César Paes Barreto, a publicação é de extrema qualidade. “Como tudo o que o DIÁRIO faz”. “Procurei ser bastante honesto com o que eu gosto de comer e onde aprecio estar”. 


A culinária paraense vive um momento excelente, segundo César, o que fomenta a exportação de nossos ingredientes. “Temos restaurantes que transformam, por exemplo, um peixe considerado popular em um verdadeiro prato nobre, tornando ainda mais agradável o paladar de quem degusta”. O contador George Santiago acrescenta que as comidas paraenses provocam a experimentação. “Temos restaurantes diversificados, que primam pela qualidade e conseguem obter um resultado singular. São pratos que nos provocam a experimentar a fazer a receita em casa”, afirma.


(Foto: Marcos Santos)


PASSAPORTE BELÉM


- Serão 5 guias do Passaporte Belém a serem encartados gratuitamente nas edições de domingos e 
quintas-feiras, no DIÁRIO. 


2º FASCÍCULO


Amanhã, no 2º fascículo, você vai conferir 23 indicados nas categorias baixo: 


- Regional (5 indicados)
- Peixaria (5 indicados)
- Italiano (3 indicados)
- Japonês (4 indicados)
- Internacional (6 indicados)


(Wal Sarges/Diário do Pará)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS