Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis


26°
R$
Elas

Rinoplastia: O que saber antes de fazer

segunda-feira, 03/06/2019, 14:21 - Atualizado em 07/06/2019, 16:01 - Autor:


A rinoplastia e a rinomodelação estão entre alguns dos procedimentos estéticos mais realizados em todo o mundo. Principalmente no mundo das celebridades, dificilmente encontramos alguma atriz ou cantora que não optou por uma das duas alternativas para alcançar uma beleza invejável.


Apesar de terem nomes parecidos e resultados ligeiramente semelhantes, saiba que essas duas alternativas diferem bastante quanto às técnicas e metodologia aplicada para a mudança estética da região do nariz.


A rinoplastia, por exemplo, tende a ser bem mais invasiva do que a rinomodelação, que necessita de menos cuidados no pré e pós-operatório — fator determinante para a escolha de muitas pessoas que precisam se recuperar e/ou realizar o procedimento o mais rápido possível.


Abaixo, você saberá mais sobre a rinoplastia e a rinomodelação e entenderá as principais questões que envolvem essas duas “ferramentas" que são capazes de mudar a beleza de qualquer pessoa que se submete a elas.


Pronta para saber mais sobre o assunto? Continue sua leitura até o final!


O que é a rinoplastia?


A rinoplastia é a cirurgia no nariz mais comum de todas. Ela é responsável pela mudança estética desta área, fazendo com que a geometria e tamanho da região sejam manipuladas para fins estéticos.


É possível aumentar ou diminuir o nariz, modificar as asas nasais, alterar a ponta e até mesmo o famoso “ossinho” que costuma incomodar algumas mulheres.


Em muitos casos a rinoplastia é realizada em conjunto com outros procedimentos cirúrgicos que não necessariamente envolvem apenas a estética. A correção de septo e a turbinectomia — tratamento invasivo para desobstrução das narinas — são dois dos maiores exemplos.


A anestesia pode ser geral ou local, e existem todos os cuidados atrelados a uma cirurgia qualquer: o paciente precisa passar por uma bateria de exames no período pré-operatório e existem uma série de cuidados para sua recuperação e cicatrização.


O que é rinomodelação?


A rinomodelação é uma alternativa não cirúrgica para a modificação estética do nariz. Sendo bem menos invasiva e tendo complexidade mais baixa, esta é uma opção viável para quem deseja mudar sua beleza sem ter que passar pelo bisturi e uma bateria de exames.


Neste procedimento, normalmente são utilizadas seringas com agulhas e produtos de preenchimento para dar forma nas áreas em que o cirurgião (e a paciente) sentem necessidade.


Porém, saiba que aqui os resultados são mais limitados por conta da natureza da técnica que impossibilita mudanças mais drásticas, como a redução do nariz e a modificação mais aprofundada da ponta.


Em alguns casos, a rinomodelação é uma alternativa de correção para uma pessoa que passou pela rinoplastia. Em outros, este é o método unicamente escolhido para realizar as mudanças estéticas que a paciente busca.


Quais são as indicações?


A princípio a rinoplastia e a rinomodelação são indicadas para todos aqueles que não se sentem bem com a beleza do seu nariz.


Entretanto, a rinoplastia só pode ser realizada para pessoas que já ultrapassaram os 15 anos de idade e já apresentam desenvolvimento facial pleno. Na maioria dos casos, a recomendação principal é a maioridade e a certeza da necessidade da mudança visual.


Como citado, as pessoas que apresentam alguma condição nasal também podem optar pela cirurgia estética sem nenhum tipo de problema.


Quanto à rinomodelação, ainda não existe um consenso completo na comunidade médica sobre suas principais indicações. Estudos ainda estão sendo realizados para determinar o melhor tipo de produto a ser aplicado assim como quais são as pessoas que podem ter mais risco com a técnica.


Como se trata de um procedimento não cirúrgico, obviamente as preocupações são menores, assim como as restrições. Em tese, todas as pessoas que não desejam passar por um longo período de cicatrização e por um procedimento invasivo fazem parte do principal grupo que pode se beneficiar da rinomodelação.


Lembrando que o cirurgião plástico é sempre aquele que decide com mais clareza os procedimentos e faz a análise de viabilidade para cada caso. Deve sempre ser mencionado que idosos, mulheres grávidas e pessoas com condições clínicas normalmente não fazem parte dos indicados a passar por qualquer um dos dois procedimentos acima.


Qual dos dois você deve optar?


Você deve optar pelo procedimento que mais corresponde com as mudanças que deseja fazer.


Para quem busca mudar drasticamente o formato do nariz e seu tamanho, não existe outra opção a não ser a rinoplastia. Já para aquelas pessoas que precisam ou sentem apenas necessidade de alterações mais pontuais, a rinomodelação é perfeita para este quadro.


Apesar disso, saiba que é o seu cirurgião plástico que optará pelo melhor procedimento. A escolha parte deste profissional e deve ser pautada principalmente no estudo individual do seu caso, levando em consideração seus objetivos e todas as demais variáveis que envolvem uma cirurgia plástica.


Seu único requisito principal é estar em perfeitas condições de saúde (e ser maior de 18 anos) para poder se submeter as duas técnicas que garantem mudanças na sua estética.


Não se esqueça de buscar por profissionais experientes e amplamente qualificados. Isso garante principalmente sua segurança e seus resultados. Tire todas suas principais dúvidas e não se esqueça de verificar fotos ou materiais que demonstrem o antes e o depois dos pacientes — tudo isso é de grande valia durante a escolha do seu cirurgião.


Com um pouco de cautela é possível permanecer na mão de um médico competente e que entende completamente sua situação. Fuja daqueles que não apresentam bom conhecimento técnico ou que garantem resultados milagrosos sem nenhum tipo de bagagem técnica.


Saiba que todo o pré-operatório e os demais requisitos de saúde não são meramente uma recomendação, e sim um verdadeiro protocolo que garante sua saúde antes, durante e após toda cirurgia.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS