Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
27°
cotação atual R$
Elas

Procedimentos estéticos na rua trazem riscos à saúde

quarta-feira, 23/01/2019, 17:55 - Atualizado em 23/01/2019, 18:00 - Autor:


 


Não é de hoje que serviços estéticos para as sobrancelhas, barba e até unhas estão sendo realizados em calçadas, esquinas de vias públicas. Algumas pessoas, de forma improvisada, se aventuram em meio à agitação em áreas comerciais, para dar mudar o visual. Mas o que muitos desconhecem são os riscos de realizar esses procedimentos ao ar livre ou sem o suporte de um profissional habilitado.
 
Segundo a coordenadora adjunta do curso de Estética e Cosméticos da Universidade da Amazônia, Elizabete Rodrigues, representante da Associação Nacional de Esteticistas e Cosmetólogos (ANESCO), na região Norte, existe um risco muito grande de um cliente contrair doenças ao realizar procedimentos sem os devidos cuidados. “No caso das pinças, por exemplo, existem duas situações: a primeira é que a pinça deveria ser descartável ou esterilizada e isso não acontece. E a segunda é que quando se arranca um pelo, pode conter no local resíduo de sangue e células. Se o cliente tiver alguma doença, ela será transmitida ao próximo, acontecendo assim uma contaminação”, explicou.
 
É muito importante pensar na segurança das pessoas. No caso destes serviços, não há uma fiscalização sobre normas de higiene e segurança e nem sobre a origem e validade de produtos utilizados, como ocorre nas clínicas de estética. “A Vigilância Sanitária hoje em nossa região é muito atuante e participativa. A fiscalização é feita regularmente nos estabelecimentos, que recebem um alvará. Dessa forma, o cliente pode ter mais confiança e saber que está fazendo seu procedimento com a devida segurança dentro dos padrões de higiene”, ressaltou a coordenadora.
 
Procurar uma clínica ou espaços de beleza com certificação é uma boa dica. Além da comprovação que o profissional está habilitado para a profissão, geralmente nesses espaços são solicitado ao cliente o preenchimento de uma ficha que consta a condição física, indicação de alergias ou problemas de saúde. "Esse cuidado facilita o atendimento e evita riscos de complicações nos procedimentos, o que em geral, toda essa cautela não acontece nos procedimentos ruas, até pela rapidez”, afirma.



(Com informações da assessoria)


 

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS