Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
25°
cotação atual R$
Elas

O tamanho da sua barriga interfere no formato do cérebro; entenda!

domingo, 13/01/2019, 17:02 - Atualizado em 13/01/2019, 17:32 - Autor:


O tamanho da sua barriga pode determinar não só mais o número das suas calças, mas também o tamanho do seu cérebro. Pesquisadores divulgaram o resultado de um estudo na revista científica Neurology onde afirmam que existe uma ligação direta entre o formato do cérebro e o tamanho da barriga. As pessoas com excesso de gordura na parte abdominal teriam um cérebro com menos massa cinzenta, também chamada de substância cinzenta- como a base de habilidades cognitivas, controle muscular e percepção sensorial. As informações são do UOL. 


Para esse estudo, os médicos coletaram dados de 9.652 voluntários com cerca de 55 anos. Foram arquivados o IMC (Índice de Massa Corporal), RCQ (Relação Cintura-Quadril), a massa de gordura total determinada por bioimpedância e imagens cerebrais de ressonâncias magnéticas. 


Após a análise dos exames, os cientistas conseguiram comparar que as pessoas com IMC alto tinham volumes cerebrais mais baixos.  Já os pacientes com peso saudável tinham uma média de 798 centímetros cúbicos de massa cinzenta. Na sequência, as pessoas com um IMC alto, mas sem um RCQ alto, tinham 793 centímetros cúbicos.


No entanto, o que chocou os pesquisadores foram os resultados nos casos das pessoas que apresentavam tanto IMC alto quanto índice de cintura e quadris alto: o volume cerebral chegou a 786 centímetros cúbicos de massa cinzenta.


Os cientistas ficaram intrigados com os resultado, mas ressaltam que é necessário realizar outros estudos para determinar se é mesmo a gordura que diminui a massa cinzenta, ou se a diminuição de massa cinzenta nos indivíduos leva a obesidade. 


No texto do relatório de conclusão afirma que; "a combinação de IMC e RCQ elevados pode ser um importante fator de risco para a atrofia da substância cinzenta".


"A análise sobre a gordura corporal, se é protetora ou prejudicial ao tamanho do cérebro, tem sido inconclusiva. Nossa pesquisa analisou um grande grupo de pessoas e descobriu que a obesidade, especificamente sobre a gordura na barriga, pode estar relacionada com o encolhimento do cérebro," comentou Mark Hamer, pesquisador envolvido no estudo. 


(Com informações do UOL)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS