Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
25°
cotação atual R$
Elas

Fazer greve de sexo ajuda o relacionamento? Vem ver!

quinta-feira, 13/12/2018, 13:47 - Atualizado em 13/12/2018, 14:29 - Autor:


Você já deixou de transar como forma de vingança ou para ganhar algo em troca, como uma mudança de atitude do parceiro, por exemplo? Segundo especialistas, o resultado esperado pode até surtir, e a curto prazo. As informações são do UOL.



Para o educador sexual e sexólogo Ricardo Desidário da Silva, a greve de sexo tem efeitos positivos quando é uma “daquelas pirraças gostosas”, ou seja, se “for um charminho para atrair o outro e deixar os dois com mais vontade”.


Segundo ele, a greve do sexo pode ser usada com uma certa frequência na vida a dois para avaliar se o tesão não foi deixado de lado, ao invés de “abrir o jogo e conversar honestamente sobre desejos e necessidades”.



A psicóloga Carla Cecarello, sexóloga consultora do site C-Date e fundadora da Associação Brasileira de Sexualidade (ABS), ressalta que ainda existem muitos casamentos que funcionam dessa maneira, onde o “sexo é uma moeda de troca para se obter coisas”.


A especialista destaca ainda, que quem sempre tem que ceder pode se sentir extremamente abusado e com a autoestima baixa, já que não se sente atendido no relacionamento.


Veja também:



(Com informações do UOL)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS