Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
30°
cotação atual R$
Elas

Óleo de coco é um 'veneno': pesquisadora diz porque não usá-lo de jeito nenhum

terça-feira, 21/08/2018, 09:58 - Atualizado em 21/08/2018, 10:33 - Autor:


Muito já se ouviu falar sobre os benefícios do óleo de coco e que ele é um poderosos aliado na perda de peso ou para ajudar na hidratação dos cabelos e até da pele. No entanto, a pesquisadora Karin Michels, diretora do Instituto de Epidemiologia e Prevenção do Câncer da Universidade de Freiburg, na Alemanha e professora da Escola de Saúde Pública da Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, diz o contrário. As informações são da Revista Encontro.



Segundo ela, a utilização mais “polêmica” do óleo de coco está relacionada à sua função nutricional. Enquanto muitos sites, blogueiras e digital influencers afirmam que esse tipo de gordura é uma alternativa mais saudável que o tradicional óleo de cozinha no preparo de alimentos, a pesquisadora garante que o produto é um “veneno”.


Em um vídeo publicado no YouTube em julho deste ano, que conta com mais de 800 mil visualizações, Karin Michels diz que o “queridinho” do momento é “um dos piores alimentos que existem”.



A especialista alerta que o óleo de coco é menos saudável, até mesmo, do que a banha de porco, por ser composto “quase que exclusivamente” de ácidos graxos saturados, elementos que podem entupir as artérias coronárias, levando a graves problemas cardíacos.


A pesquisadora não está sozinha nessa “luta”. A Associação Americana do Coração (American Heart Association) recomendou, em 2017, que as pessoas parassem de consumir o produto exatamente pela grande quantidade de ácidos graxos saturados encontrados nele.


Veja a palestra de Karin (é possível usar legendas automáticas do YouTube):



(Com informações da Revista Encontro)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS