Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
25°
cotação atual R$
Elas

Ter um orgasmo e gozar não é a mesma coisa. Saiba a diferença!

domingo, 24/06/2018, 20:22 - Atualizado em 24/06/2018, 20:22 - Autor:


Muitas pessoas pensam que “gozar” é o mesmo que ter um “orgasmo”. Mas as duas ações são diferentes, podendo você chegar a ter um orgasmo, mas não gozar. São muito parecidos, mas há diferenças que vamos esclarecer aqui.


Gozar se refere à ejaculação feminina. Ou seja, quando há expulsão de líquido ejaculatório na uretra.


O orgasmo é caracterizado pela intensa sensação física de prazer, controlado pelo sistema nervoso involuntário – ou autônomo. É quando seu cérebro sente estímulos específicos e dispara uma explosão de hormônios para o seu corpo. Após orgasmo, que provoca sensações muito prazerosas, vem uma sensação de relaxamento profundo.


Algumas mulheres conseguem saber que “gozaram” sentindo que estão fazendo xixi sem querer, durante o ato sexual. Mas a ejaculação é diferente de urinar. Esse tipo de fenômeno não acontece com muitas mulheres.


Os tipos mais comuns de orgasmos são os vaginais e clitorianos. Tanto a vagina quanto o clitóris são áreas carregadas de terminações nervosas que, quando estimuladas de maneira correta, podem provocar muito prazer.


(Com informações de Cosmopolitan)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS