Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
26°
cotação atual R$
Elas

Looks da Copa terão brilho e cortes especiais. Faça o seu!

quinta-feira, 14/06/2018, 09:11 - Atualizado em 14/06/2018, 09:30 - Autor:


A Copa do Mundo tem início nesta quinta-feira (14), mas os brasileiros ainda têm três dias para se preparar para o mundial, afinal na estreia do Brasil a regra é vestir verde, amarelo e azul. O centro comercial e os shoppings de Belém estão no clima há algum tempo, mas parece que o hábito de “deixar para última hora” prevaleceu.


Na semana de que inicia a Copa muitas pessoas ainda buscam os looks perfeitos e os que darão "sorte” para a ocasião. Os preços variam bastante.


As camisas oficias da seleção possuem três modelos e preços entre R$ 149,90 e R$ 449,90. Para as a mulherada, a dica são os bodys que estão super em alta. Nas cores verde, amarelo, azul e com cortes diferenciados a escolha é ótima para o clima quente do Pará. Eles também podem compor um look mais arrumado ou despojado. Além claro, do corte valorizar as curvas das brasileiras.


Os bodys podem ser encontrados nas lojas virtuais, no centro comercial e também nos shoppings. Os preços variam entre R$ 35 e R$ 100. A dona de uma loja virtual revelou que cerca de 20 produtos para Copa já foram vendidos. "A demanda é bem grande, os modelos mais lisos são os de maior procura", contou Gersica Cavalcante.




Quem quer mais glamour e fazer um estilo trabalho + balada com presonalidade,  a opção são os ateliers. A estilista Simone Abtibol é daquelas que se preparou para a ocasião. Com uma coleção novinha para a Copa ela uniu modelos atuais, com muito brilho e exclusividade. E ela garante que nem a crise economia tem afastado suas clientes. “A procura tem sido muito grande, alguns modelos já esgotaram”, antecipou.


Ao analisar os horários dos jogos do Brasil, que são em horários comerciais e dias úteis, ela tentou adaptar tudo a comodidade dos torcedores. “Tem dois estilos, uma parte mais básica, com malha canelada e bordado e outra com lurex e lantejoulas. Todos modelos diferenciados, para ter uma pegada mais arrumada, já que dá para assistir os jogos tanto em baladas como em reuniões”, explicou.


Além dos looks da coleção, Simone ainda produz os modelos do jeito que o cliente deseja, as peças variam entre R$ 80 a R$ 160, mas claro se você quiser um modelo exclusivo o valor é diferencial.





Roberta Belo proprietária de uma loja feminina que tem exclusividade na venda de uma marca nacional, também tem aproveitado o período. Mesmo possuindo uma loja física, ela faz entrega e ainda tem vendas pela internet, o que acrescenta ainda mais na hora da compra. Com roupas mais modernas ela garante que o cliente nunca compra só uma peça. “Lançamos roupas temáticas para a Copa e a procura pelo look para torcer pela seleção em grande estilo já faz parte do dia a dia das mulheres. Antecipamos nosso estoque e desde o final de maio trouxemos peças temáticas, as vendas aumentaram consideravelmente nessa época do ano”, contou.


A empresária chegou a triplicar a sua venda de looks temáticos, que variam entre R$ 90 e R$ 160, este último valor são para os looks exclusivos. “Ninguém compra só um body ou um cropped, sempre tem mais uma peça para compor. Ou seja, ainda tem o short jeans, ou mais um vestido para usar nos jogos diferentes”, finalizou Roberta. “O dia que mais vende é na véspera ou no dia do jogo, ou seja, é a certeza do fim do estoque, já estamos esperando uma nova remessa para semana que vem”, acrescentou.






A equipe do DOL esteve no centro comercial de Belém na tarde desta terça-feira (15), para verificar o movimento e as opções de produtos. Os preços de acessórios como brincos, pulseiras, arranjos para cabeça, anéis e cordões estão entre R$ 3 a R$ 20. Já as blusas da Copa estão entre R$10 a R$ 30, para crianças e adultos.


Os itens de decoração já estão em fim de estoque. Em muitos lugares não econtra-se mais bandeirinhas verde e amarela, mas é possível encontrar outros produtos para compor o ambiente como: balões, painéis, bandeirinhas, plásticos temáticos.  


(Bruna Dias/DOL)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS