Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
26°
cotação atual R$
Elas

Casais usam apps de paquera para encontrar sexo a 3 perfeito

segunda-feira, 02/04/2018, 12:39 - Atualizado em 02/04/2018, 12:57 - Autor:


Os aplicativos de paquera deixaram de ter apenas a função de unir duas pessoas com interesses em comum. Neles, há cada vez mais casais inscritos em busca de pessoas a fim de realizar suas fantasias sexuais. Apesar de haver aplicativos específicos para o ménage à trois e outros tipos de interações, como o Feeld, a busca também se intensificou no Tinder e no Happn. 


Solteira, Sandra está no Happn procurando casais. "Eu adoro sair com casais. Sou bissexual, por isso curto o cara e a garota ao mesmo tempo. Normalmente, o terceiro elemento em um ménage é o mais paparicado. Adoro ser o centro das atenções no sexo", afirmou. A jovem de 23 anos já saiu com cinco casais em três anos de aplicativo. "Mantivemos uma ótima relação depois do sexo, hoje sou amiga de todos. Adoro essa liberdade". Segundo ela, o medo de ciúme não a impede de continuar em busca de amizades coloridas. "Nunca tive problema com ciúme entre o casal, mas sei que pode acontecer. Por isso, já me preparo para tentar amenizar a situação".


João, 43 anos, garantiu que teve mais sucesso em busca de um terceiro elemento para apimentar a relação com a namorada no Tinder. "A gente já tentou de tudo. Nos inscrevemos em sites de swing, utilizamos aplicativos específicos e até frequentamos as famosas baladas liberais. Mas foi no Tinder que encontramos parceiros que realmente toparam entrar na nossa brincadeira", contou. João e a namorada, Eduarda, conheceram uma garota pelo Tinder e realizaram o primeiro ménage do casal. "Foi muito bacana, elas se gostaram muito e isso foi ótimo para mim. Desde então, temos nossos encontros com outras pessoas pelo menos uma vez por mês".

Ricardo, 38, que também se coloca à disposição de casais pelo Tinder. "Há muitos casais interessados em fazer um ménage masculino, com dois homens e uma mulher, e sei que é difícil encontrar um cara de confiança, experiente e discreto", disse. Quase um amante profissional, Ricardo apenas não cobra pelo "serviço". Eu tenho fetiche em transar com mulheres casadas na frente de seus maridos. E o melhor disso é que todos estão curtindo o momento", diz. 

(Com informações do Universa)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS