Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
25°
cotação atual R$
Elas

Cientistas estudam efeito do açaí no tratamento do transtorno bipolar

sexta-feira, 15/12/2017, 16:38 - Atualizado em 15/12/2017, 16:38 - Autor:


Quanto mais o açaí conquista o mundo, mais benefícios do fruto são descobertos, encantando cientistas e pesquisadores de diversos países. E uma dessas propriedades surpreendeu a comunidade científica: o consumo do açaí ajuda quem sofre de transtorno bipolar e até de esquizofrenia.

Segundo informações da coluna “Viva Bem”, do portal UOL, sabe-se que, no transtorno bipolar, os neurônios alojam uma grande quantidade de mitocôndrias (organelas no interior das células que geram toda a energia para as pessoas viverem, a partir da glicose e do oxigênio) consideradas defeituosas.

As mitocôndrias não saudáveis fazem com que haja, dentro do cérebro, uma série de inflamações, que provocam as explosões de fúria alternadas com momentos de depressão.

A grande descoberta é que o extrato do açaí conseguiu bloquear o comportamento nocivo dessas mitocôndrias com defeitos, além de prevenir e mesmo reverter as inflamações ocorridas no cérebro.

De acordo com a coluna, a descoberta leva grande empolgação, já que os remédios usados para modular o humor de um bipolar conseguem belos resultados, mas agem somente sobre os sintomas, o que pode fazer com que a doença continue evoluindo. Com esse possível efeito do açaí, surge uma possibilidade de brecar a evolução da doença.

A dosagem do extrato que agiu positivamente nos neurônios equivaleria a comer 4 colheres de sopa de açaí por dia.

Agora, os cientistas começam a testar a suplementação com o seu extrato. Não se trata de remédio, fique claro. É um suplemento alimentar, que deverá auxiliar no tratamento médico para controlar os sintomas.

(Com informações da coluna Viver Bem)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS