Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
27°
cotação atual R$
Elas

Suco detox pode ser aliado de uma vida saudável

quarta-feira, 10/05/2017, 13:15 - Atualizado em 10/05/2017, 13:31 - Autor:


Amados pelos adeptos de práticas saudáveis, os sucos detox ganharam fama muito rápido e, com isso, também surgiram muitas outras receitas de sucos, cada uma prometendo um resultado ainda mais milagroso e rápido.


Couve com gengibre, acerola, lima, mel e quinoa, na água, que passou a noite com rodelas de pepino. Essa é apenas uma das milhares de receitas de sucos detox que você vai encontrar na internet. Mas, afinal, o mito salvador destes sucos tem algum fundamento? Eles realmente fazem o que dizem prometer?


Suzele Lima, nutricionista do Hapvida Saúde, alerta que não existe nenhum alimento milagroso e que o uso exagerado de alimento ou bebida deve ser orientado. “A desejada dieta equilibrada pode ser perdida quando alguém busca apenas produtos detox para limpar o corpo. Em vez de ajudar, a mudança abrupta nos hábitos alimentares tende a prejudicar o metabolismo, no entanto, a proposta de funcionalidade faz com que o indivíduo possa refletir e adequar os hábitos para um processo de reeducação alimentar. E em termos calóricos e nutricionais, não substitui equilibradamente uma refeição principal, como almoço ou jantar”, esclarece a Dra Suzele.


Os sucos mistos compostos com frutas, legumes e/ou hortaliças e farelos chamados de Detox também são fontes energia, uma vez que fornecem ao organismo macro e micronutrientes. Eles servem para complementar uma alimentação orientada, no sentido de estimular o consumo de alimentos mais saudáveis. O organismo humano pode possuir particularidades (como patologias) que diferem quanto a recepção de estímulos. 


Melhoria na Qualidade de Vida


Há cerca de dois anos, o arquiteto e professor universitário Sávio Fernandes começou a adotar escolhas mais saudáveis em suas refeições. Após ver programas que falavam dos benefícios da couve para o organismo, ele começou a tomar o suco e gostou, tanto que acrescentou ao seu café da manhã e passou a incrementar suas receitas com outros itens.


“Após incluir o suco verde na minha rotina, passei a procurar outros itens e alimentos naturais, e principalmente a me preocupar com a origem deles. Não adianta ter uma alimentação natural, cheia de verduras e legumes, comendo itens produzidos a base de agrotóxicos. Logo, procurar os orgânicos foi para mim uma consequência de certa forma previsível, mas muito acertada. Assim, evito a quantidade de veneno presente nas folhas das verduras da agricultura tradicional, ainda ajudo aos agricultores familiares que produzem alimentos de qualidade e prezam pela minha saúde”.


Aliado ao consumo dos sucos, Sávio também instituiu em sua rotina, hábitos mais saudáveis, ele aboliu o uso do carro no seu dia a dia e planta alimentos em casa, por exemplo. “Substituí o carro pela bicicleta para meu transporte no dia a dia, por ter condições para isso - tenho ciclovia em todo o caminho de casa ao trabalho, me sinto um afortunado em nossa cidade tão mal estruturada para o ciclista. Além disso, costumo ir à academia regularmente. Outro hábito que estou desenvolvendo é o de plantar alimentos na minha casa. Ainda estou começando, mas pretendo aprender mais sobre isso. Hoje, já planto duas espécies de plantas comestíveis não convencionais aqui em casa, como a Taioba e a Trapoeraba, também conhecida como maria-mole”, afirma Sávio.


E para a hora do preparo e das escolhas, a Dra Suzele Lima, dá algumas dicas de algumas combinações e receitas ideais para o dia a dia. “É interessante fazer uso de frutas, hortaliças e legumes fontes de vitaminas C, a exemplo de morango, laranja e limão, vitamina E, como frutas secas, óleos vegetais, cereais integrais e sementes e vitamina do complexo B, muito encontradas em castanhas, abacate e vegetais verdes, como couve e espinafre. Elas são fotossensíveis e termossensíveis (sofrem ação da luz e calor) por este motivo devem ser consumidas após o preparo”, destaca a profissional.


(Com informações do Hapvida)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS