Diário Online

Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
31°
cotação atual R$
VEJA COMO TRATAR!

Queda de cabelo atinge 30% dos pacientes no pós-covid

Especialistas orientam como tratar a queda dos fios.

terça-feira, 06/04/2021, 12:21 - Atualizado em 06/04/2021, 12:20 - Autor: Com informações do Extra


Médicos alertam que Covid-19 está aumentando queda de cabelo em pacientes.
Médicos alertam que Covid-19 está aumentando queda de cabelo em pacientes. | Divulgação

Para boa parte dos infectados pelo coronavírus, restam sequelas. Entre as mais comuns estão falta de ar, cansaço, manchas na pele e até queda de cabelo. As informações são do Extra.

Mesmo com o fim dos principais sintomas ou nos meses seguintes, a queda de cabelo está entre as sequelas deixadas nos pacientes pós-covid. 

Segundo a dermatologista Carla Nogueira, a queda dos fios se apresenta como sequela da covid por conta de processos inflamatórios ou até mesmo do estresse.

A especialista destaca que "o quadro ocorre em aproximadamente 30% dos indivíduos com diagnóstico de infecção por coronavírus, podendo acometer homens e mulheres igualmente".

Essa queda de cabelo aguda, chamada de eflúvio telógeno, também é observada em doenças como zika e chikungunya, outras viroses importantes que causam estresse fisiológico. Segundo Carla, o problema ocorre devido a uma reação do organismo ao vírus, levando à alteração do ciclo capilar.

Para a dermatologista, não há uma forma específica de tratamento porque a queda de cabelo é a consequência tardia de um problema que já passou. No entanto, o que pode ser feito é cuidar para reduzir os danos:

"Existem xampus, pomadas, vitaminas e outras substâncias que podem ajudar", orienta a especialista.

TRATAMENTO

A farmacêutica Luciana Andrade reitera que os fios podem se recuperar entre três e seis meses, mas o paciente pode acelerar esse tempo, com "loções capilares, princípios ativos, substâncias como a Biotina, o silício orgânico oral, que ajuda nessa ancoragem dos fios, o D’pantenol, o green tea, que é um potente antioxidante, e outras substâncias que podem ajudar".

A boa alimentação e os hábitos de vida saudáveis também, segundo especialistas, são essenciais para a redução da queda de cabelo ocasionada pela covid. Outra recomendação é evitar a automedicação e procurar ajuda profissional, que pode avaliar a causa da queda e indicar o tratamento mais eficaz. 

Dentre os cuidados estão evitar o uso abusivo da prancha e das químicas como a escova definitiva ou progressiva com intervalos muito curtos. Outra  dica dos especialistas é evitar dormir com o cabelo molhado, preso, com trança ou presilha. 

A ingestão de água também pode ser um importante aliado para o crescimento forte e saudável dos cabelos. A recomendação é consumir pelo menos 2 litros diariamente

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS