Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
28°
cotação atual R$
TENTAÇÃO DA TESOURA

Cortar o próprio cabelo virou regra na quarentena  

sábado, 23/05/2020, 10:25 - Atualizado em 23/05/2020, 10:25 - Autor: Aline Rodrigues


Pode até parecer fácil, mas todo cuidado é pouco para evitar desastres
Pode até parecer fácil, mas todo cuidado é pouco para evitar desastres | Reprodução

O que tem deixado muita gente com os nervos à flor da pele neste período de quarentena é o que está vendo diante do próprio espelho. A cor do cabelo, o comprimento das madeixas, a falta que faz um cuidado profissional nos fios, após meses em isolamento social, tem feito as pessoas se renderem à tesoura e à máquina manejadas por elas mesmas ou por outras incautas mãos de familiares.

O cabeleireiro Cassius Martins, que atua no ramo há 38 anos, lidando com todos os procedimentos capilares, como químicas e tinturas, além do corte de cabelo, diz o que qualquer um que não tenha perdido o discernimento na atual situação sabe ser um conselho adequado: melhor esperar tudo passar e procurar seu cabeleireiro de confiança para fazer um corte com um profissional. Mas para aqueles que não suportarem a espera nem ver os fios cada dia maiores, o primeiro passo é ter muito cuidado com o uso da tesoura.

“A minha dica é ter calma, cortar o mínimo possível, só para dar uma impressão de corte, porque fazer o corte que o cabeleireiro faz, é impossível, a não ser que você tenha muito talento”, pondera.

PRECIOSAS

“Se você for aparar, já que não faz tanto tempo que as pessoas estão sem ir ao cabeleireiro, cortando 1cm em todas as extremidades, é mais fácil”, diz Cassius. E aquilo em que mais as mulheres acabam se aventurando por conta própria, pode não ser a melhor ideia, como bem traduzem os memes que circulam pela internet: “Se estiver com muita vontade de fazer uma franja, por exemplo, tem de tomar muito cuidado para não destruir seu cabelo”, recomenda.

Mesmo recomendando cautela, Cassius diz que as pessoas pedem a ele muitas dicas, por isso resolveu dar alguns encaminhamentos mais simples. “Eu até fiz um post no Instagram sobre coloração”, conta ele, que reuniu em três passos algumas dicas essenciais para cuidar dos fios.

“O primeiro passo é consultar seu profissional de confiança; depois, evitar usar tonalizante sem orientação, e investir em hidratação capilar. É muito complicado ver gente indicando tonalizante, que é uma coloração, com que você pode manchar seu cabelo e será muito mais difícil corrigir do que se você esperar o tempo para fazer com o seu profissional”, adverte.

Mesmo que seja para fazer alguma coisa em casa, ele reitera que pedir a orientação de um profissional é o mais indicado. “Antes de tudo, é ideal que você converse com o seu profissional preferido, ele conhece seu cabelo, as dificuldades e as facilidades dele. Então, é muito mais fácil ele te dar uma dica preciosa. Eu vou confessar que fiz alguns tutoriais em vídeos [por videochamada] com algumas clientes que pediram ‘por amor de Deus, preciso cortar’ e daí, fui dando umas dicas, mas isso foi porque as pessoas só queriam cortar um pouco do próprio cabelo. Às vezes, ela quer exatamente isso, um contato com um profissional, com o salão”, diz.

PEQUENOS

Com criança, então, a recomendação é cortar somente o necessário, continua Cassius. “Só se forem as franjas, porque geralmente, a franja cai nos olhos, o que atrapalha bastante. Se for cortar a franja é legal, mas vale novamente a dica de cortar menos do que você imagina porque senão o cabelo pode ficar destroçado”, pontua.

FAÇA VOCÊ MESMO PASSO A PASSO

Se você não conseguir fugir da tentação e ceder à tesoura doméstica, o hair stylist Pietro Trindade, parceiro da marca de acessórios de cabeleireiros Vertix, dá dicas para mudanças simples:

FIOS LISOS

Para mudar o visual de fios lisos, sem perder o comprimento, há a técnica rabo de cavalo: “Penteie todo o cabelo para a frente da cabeça e amarre um rabo de cavalo acima da testa. Depois, meça com o dedo médio e indicador a parte do cabelo que será cortada e passe a tesoura na horizontal com cuidado”. O resultado será um corte com camadas sutis. “Nesse caso, a tesoura navalha é a mais indicada por ter as lâminas lisas e afiadas para desfiar as mechas”.

FIOS CACHEADOS

“Para as texturas encaracoladas, sugiro que o corte seja feito com o modelo de tesoura desbaste, também conhecida como dentada. Por ter os dentes espaçados, ela ajuda a criar um corte mais irregular, o que favorece a diminuição de volume e uma melhor distribuição de mechas.”

O segredo do corte é fazê-lo com os fios secos, em seu formato habitual, para não ter surpresas depois. “O mais indicado é que sejam tiradas apenas as pontas ressecadas, com a tesoura na posição vertical, para que o corte não afete o formato do cacho.”

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS