Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
30°
cotação atual R$
EFEITO SANFONA

Tentou emagrecer e não conseguiu? Seu comportamento pode ser a causa

domingo, 08/09/2019, 13:37 - Atualizado em 08/09/2019, 13:37 - Autor: Redação


É preciso atentar para o que está causando a sabotagem do seu emagrecimento
É preciso atentar para o que está causando a sabotagem do seu emagrecimento | Reprodução

Você já tentou de tudo, dietas, exercícios, tratamentos estéticos e, mesmo assim, o ponteiro da balança insiste em não mexer? Pois é, você não está sozinha ou sozinho. Vivemos em um país que está entre os primeiros colocados nos rankings de estresse, ansiedade e sobrepeso/obesidade. O que muita gente não sabe, é que tudo isso está interligado. Nossas emoções fazem parte de todos os processos da nossa vida, inclusive, o da perda de peso.

Então, para que você consiga obter os resultados desejados, é fundamental entender que suas questões emocionais precisam ser resolvidas, já que são elas que vão determinar os seus resultados.

“É preciso enxergar além do seu corpo físico, além daquilo que você come. Para que você possa emagrecer é necessário entender quais são os pensamentos e sentimentos que estão gerenciando aquele comportamento disfuncional, ou seja, o porque você está comendo desta maneira. Ter clareza é a base de todo o processo de emagrecimento”, analisa a psicóloga clínica, especialista em saúde focada em emagrecimento, nutrição emocional e comportamental, Daiana Peixé.

Após várias tentativas de emagrecimento ou efeito sanfona, desenvolvemos algumas emoções, nesses casos são a frustração, o desespero, a ansiedade e a tristeza, que levam a pessoa a comer ainda mais e optar por alimentos que diminuam esses sentimentos e geram conforto emocional.

De acordo com a psicóloga, temos 23 tipos de sabotadores do emagrecimento, que são comportamentos que nos atrapalham. Para entender quais são os seus sabotadores, é preciso uma avaliação dos mesmos. Depois disso, é feito um trabalho para que você possa mudá-los, e assim consiga, enfim, emagrecer.

“Nós precisamos nos libertar dos bloqueios que causam a fome emocional. Entender que esse é um processo que começa de dentro para fora. Precisamos estar bem emocionalmente para colocar em ação aquilo que sabemos que é necessário para emagrecer. Só quando entendemos o porque queremos emagrecer, quais os benefícios disso, com as metas definidas e o tempo definido, conseguiremos alcançar”, acrescenta a terapeuta.

Ou seja, o segredo para estar bem fisicamente, é estar bem mentalmente. O emagrecimento é uma consequência disso, desta mudança do seu estado interno.  Quando você voltar o olhar para si mesmo, e entender quais emoções você está camuflando com o alimento, você conseguirá entender o que realmente precisa ser trabalhado.

“Você só conseguirá emagrecer quando compreender o verdadeiro motivo de tudo isso. Enquanto você não compreender suas emoções e como elas te afetam nesse quesito, você dificilmente terá sucesso no processo, voltando à estaca zero”, finaliza a especialista.

(Com informações da Assessoria) 

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS