Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
32°
cotação atual R$
PULADA DE CERCA

Pesquisa revela que 66% dos brasileiros traem e vivem fetiches com amantes

quarta-feira, 28/08/2019, 18:27 - Atualizado em 28/08/2019, 18:27 - Autor: DOL


| Reprodução

As estatísticas não mentem: mais de 66% dos brasileiros traem e aproveitam o sexo com os amantes para realizar fantasias sexuais. Os dados são baseados em uma pesquisa online divulgada neste mês pelo site Second Love, especializado em unir pessoas que querem ter um caso extraconjugal.

Segundo o Second Love, na maioria dos casos, os relacionamentos extraconjugais duram mais de seis meses (57%). No total, 80% dos usuários disseram que um amante tem mais ferramentas de seduzir que o atual crush ou companheiro. Do outro lado, apenas 22% realizam fetiches dentro da relação oficial, deixando esse tipo de desejo para pessoas que conhecem fora da relação.

Com idades entre 30 e 59 anos, três em cada quatro participantes encontraram o amor extraconjugal na internet. A plataforma tem mais de 2 milhões de usuários na América Latina.

“O mais surpreendente é o ranking de lugares por onde as pessoas têm o hábito de procurar algum potencial amante. O distanciamento entre a internet (74,52%) para as demais opções da pesquisa apenas reafirma a importância que ela possui para a construção de relacionamentos”, diz Anabela Santos, gerente regional da Second Love na América Latina, em entrevista ao portal Metrópoles.

Os motivos para buscar satisfação em amantes são vários. “No caso do público masculino, por exemplo, muitos citaram a monotonia da relação como justificativa para procurar uma parceira fora do matrimônio. Também tivemos outras justificativas, como a sensação de adrenalina ao manter uma relação em segredo”, comentou a gerente.

“Já no caso das mulheres, as justificativas mais utilizadas foram a vontade de viver uma aventura e a curiosidade em ter um amante. Em comum entre ambos os gêneros, a rotina no casamento também foi bastante citada como justificativa”, completa Anabela.

Ainda segundo a gestora do portal, as mulheres, atualmente, traem mais do que antigamente. 

“O aumento da influência e participação das mulheres no mercado de trabalho, a emancipação econômica e os métodos contraceptivos disponíveis no mercado permitiram com que as mulheres pudessem dar mais atenção aos seus próprios desejos”, conclui a gerente do Second Love. 

(Com informações do portal Metrópoles)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS