Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
23°
cotação atual R$
SEU BOLSO

Que tal uma alimentação saudável sem gastar muito?

segunda-feira, 05/08/2019, 14:31 - Atualizado em 05/08/2019, 15:17 - Autor: Kleberson Santos


Uma alimentação saudável requer também disciplina e força de vontade
Uma alimentação saudável requer também disciplina e força de vontade | Reprodução

Fazer um planejamento financeiro, para a carreira e até para a vida pessoal é algo que faz parte do dia a dia. Mas poucas pessoas têm em mente planejar a alimentação para o que venha à mesa seja saudável sem pesar no bolso. 

Para a nutricionista Lilian Guedes, o alto custo está relacionado a má gestão da rotina alimentar. “Quem não se programa, geralmente consome produtos mais caros, calóricos e sem tanto valor nutricional. A correria do dia a dia ligada a má administração do tempo é um perigo para a alimentação, pois faz com que se troque a comida caseira por lanches em fast-foods, salgados na padaria da esquina”, diz a especialista.

O primeiro passo para garantir uma alimentação saudável é mudar os hábitos alimentares. A inserção de legumes, verduras e frutas é fundamental para garantir a saúde. Claro que essas mudanças, algumas vezes, acabam pesando um pouco no bolso, mas isso pode ser resolvido com um bom planejamento financeiro.

Para os que desejam minimizar os gastos, alguns hábitos como planejar um cardápio semanal, fazer uma lista de compras para levar apenas o necessário e reservar um horário do dia ou da semana para preparar as marmitas fazem total diferença. Também é interessante dar preferência às feiras livres, caso tenha fácil acesso, pois além do preço mais baixo é possível encontrar alimentos que estejam dentro da sazonalidade (frutas, verduras e legumes que sejam da época).

A importância dos grupos alimentares

O cardápio saudável é aquele que compreende os grupos alimentares (proteínas, carboidratos, gorduras, vitaminas e minerais) de forma harmônica, fornecendo assim, as quantidades adequadas de nutrientes para manutenção das funções vitais.

A grande dificuldade – e também o segredo – para se montar um cardápio saudável é entender a hierarquia dos alimentos e dosar a quantidade calórica e nutritiva para cada porção. Ou seja, o que deve ser prioridade e nunca faltar nas refeições diárias.


Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS