Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
24°
cotação atual R$
MELHOR QUE ACADEMIA!

Quer ficar "malhado"? Faça sexo por 30 minutos!

quinta-feira, 01/08/2019, 15:27 - Atualizado em 01/08/2019, 15:30 - Autor: Com informações do Minhavida.com


|

Se você é daqueles que fica se matando na academia por horas ou acha que exercícios físicos não estão fazem efeito, talvez seja hora de repensar sobre o assunto. Um estudo feito recentemente pela marca Upbeat Active concluiu que o sexo é a única atividade física capaz de trabalhar  os 657 músculos do corpo.

No estudo, os especialistas mostraram que uma quantidade menor é utilizada em outras atividades cotidianas como: chorar movimenta 17 músculos, enviar uma mensagem de texto mexe com 38 músculos, dançar envolve 133 e, para jogar golfe, 137.

A pesquisadora Mike Aunger, responsável pela estudo disse ao jornal britânico The Telegraph, que esse tipo de atividade física é fundamental para as pessoas que não são muita adeptas da academia.

"Na cama, todos os músculos são importantes. Toda a musculatura esquelética é essencial para o movimento, não importa o quão vigoroso seja. Todos os músculos autônomos (involuntários) trabalham na digestão, na respiração, na circulação e na função corporal. E, claro, os músculos cardíacos são essenciais para o bombeamento de sangue para os lugares certos", contou.

A pesquisadora ainda disse que, os músculo bulboesponjoso, da área do períneo masculino, e o bulbo de vestíbulo nas mulheres foram apontados como os músculos mais importantes para o sexo. Eles são responsáveis pelas ereções masculinas e ejaculações, bem como ereções clitorianas para as mulheres e contrações do orgasmo para ambos os sexos. 

Aunger destaca ainda que até que um dos 10 maiores fatores de risco para mortalidade no mundo é a falta de atividade física, de acordo com a Organização Mundial da Saúde. Além disso, o sedentarismo pode aumentar o risco de morte em cerca de 20% a 30%.

Forma correta de usar o sexo como atividade física

Para aproveitar os benefícios do sexo, vale destacar que o estudo indica que a relação deve durar mais do que 30 minutos. Segundo a especialista, outro ponto interessante é que o tamanho do pênis ou posição sexual não importam quando o assunto é o seu treino sexual. Neste sentido, o que vale é a duração.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS