Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
30°
cotação atual R$

Notícias / Cursos & Empregos

DICAS

Reta final: como apoiar estudantes afetados pela pandemia

Especialista dá dicas de como os pais e responsáveis podem lidar com os anseios dos alunos no final do ano

sexta-feira, 20/11/2020, 17:25 - Atualizado em 20/11/2020, 17:25 - Autor: Com informações da assessoria


| Reprodução

Um ano diferente e desafiador em muitos sentidos. A educação mostrou que a capacidade de se adaptar é um dos fatores da área ao longo dos meses. Com a pandemia muitos pais e responsáveis podem estar apreensivos em como lidar com o encerramento do ano letivo e proporcionar bem-estar aos alunos que completam ciclos de passagem, seja de uma série para outra ou no encerramento do Ensino Fundamental e Médio. 

Para o psicólogo Pedro Braga Carneiro, é importante reforçar o diálogo e reconhecer o aprendizado do ano. “Tranquilizar e buscar entender quais são as incertezas, cada criança e adolescente pode passar por esse período de uma maneira, é fundamental incentivar e apontar que, mesmo de um jeito diferente, os aprendizados ao longo ano foram significativos”, afirma.

Para os estudantes que estão fechando ciclos no Ensino Fundamental e Médio, a dica é celebrar as conquistas. “Há aprendizados em todas as fases, e os estudantes devem perceber que este momento vivido por eles é também de todo um grupo ou geração e as gerações anteriores também passaram por momentos difíceis. Mesmo não ocorrendo da forma que imaginavam, ainda assim é importante celebrar o momento”, reforça Carneiro. 

Ano do desafio e das escolhas

O estudante Felipe Teixeira da Silva, de 17 anos, diz que para ele o ano foi diferente do esperado, mas não deixou de ter muito apoio e incentivo. “É um desafio muito diferente do que imaginei estar me preparando para a prova do Enem e os vestibulares a distância durante a pandemia, mas também me trouxe a certeza de que com incentivo, auxílio e diálogo com os professores, podemos sempre seguir em frente” revela. 

A escuta e o acompanhamento dos professores também foram fatores considerados por ele na escolha da profissão que pretende seguir. “Sempre gostei de ouvir e conversar com as pessoas e a escola sempre incentivou ao diálogo. Durante este ano, isso cresceu ainda mais dentro de mim.” revela o estudante que vai prestar vestibular para psicologia e pretende celebrar o fechamento desse ciclo. “Mesmo a distância, e de uma maneira diferente quero agradecer todos os professores que me apoiaram nessa jornada”, reforça.

Leia mais:

Candidato a vereador é morto a tiros em Parauapebas 

Mãe flagra homem alisando partes íntimas da filha de 9 anos

Para a reta final do ano letivo, o psicólogo Pedro Braga Carneiro dá dicas de como os pais e responsáveis podem incentivar e acompanhar as crianças e adolescentes:

Escuta é fundamental

Mesmo em meio a tantos acontecimentos, mais que falar, é preciso escutar. Oferecer um espaço de diálogo para as crianças e adolescentes comentarem o que estão sentindo e qual a experiência de aprendizados durante o ano. Essa conversa pode mapear os sentimentos dos alunos. 

Atividades que promovem o bem-estar

Com a reta final do ano se aproximando, é normal que os estudantes sintam falta de momentos e celebrações com os amigos. Para isso, os familiares podem também realizar momentos dentro de casa que lembrem essa passagem, como atividades de leitura, meditação, preparação de receitas em família, separação de itens para preparação de uma decoração de Natal. Esses são mecanismos que contribuem para o ciclo e bem-estar das crianças e adolescentes. 

Atitudes positivas

Diante das dúvidas do processo, ter nos pais e responsáveis uma atitude positiva pode contar muito para as crianças e adolescentes. A valorização de uma tarefa realizada, de uma atividade que ele gostou de fazer, o reconhecimento do empenho e da dedicação também contribuem para a satisfação neste final de ano 

Mantenha o vínculo com a escola

Na dúvida em como agir com as crianças e adolescentes, o vínculo com a escola pode auxiliar. Apesar da distância física, o corpo docente está disponível para o diálogo e uma conversa pode auxiliar na melhor abordagem com os alunos em casa. 

Celebre as transições

Para os alunos que estão saindo do Ensino Fundamental, ou terminando o Ensino Médio, é importante pontuar que essas marcas temporais são como rituais na vida, e que são importantes para o reconhecimento das mudanças e dos novos papéis. É bom deixar claro que há aprendizados em todas as fases, e não deixar de celebrar da maneira possível e segura esse momento, reconhecendo a conquista do adolescente. 

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS