Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
29°
cotação atual R$

Notícias / Cursos & Empregos

PREPARE-SE!

Divulgadas as bancas organizadoras dos concursos da Polícia Civil e Polícia Militar do Pará

Para a Polícia Civil serão ofertadas 2.405 vagas. Já para a Polícia Militar serão 1.495 oportunidades.

quinta-feira, 01/10/2020, 11:14 - Atualizado em 01/10/2020, 11:27 - Autor: Com informações da Agência Pará


O Instituto AOCP será a empresa responsável pelo concurso da Polícia Civil e, o Instituto IADES pelo concurso da Polícia Militar.
O Instituto AOCP será a empresa responsável pelo concurso da Polícia Civil e, o Instituto IADES pelo concurso da Polícia Militar. | Agência Pará/Reprodução

O governo do Pará, por meio da Secretaria de Estado de Planejamento e Administração (Seplad), divulgou nesta quinta-feira (1º), no Diário Oficial do Estado (DOE) nº 34.360, o resultado da escolha das bancas organizadoras dos concursos das Polícias Civil e Militar do Pará.

Concursos públicos oferecem 10.825 vagas com salários de até R$ 17 mil

O Instituto AOCP será a empresa responsável pelo concurso da Polícia Civil e, o Instituto IADES pelo concurso da Polícia Militar.

A previsão é que o edital dos concursos seja publicado até o final deste ano.

Vagas

Para a Polícia Civil, o certame prevê vagas para os seguintes cargos: delegado (265 vagas), escrivão (252 vagas), investigador (818 vagas) e papiloscopista (160 vagas).

Já para a Polícia Militar, serão 95 vagas de oficial e 2.310 de praças, totalizando 2.405 oportunidades.

Concurso do Banco do Brasil: salários de R$ 3,8 mil, edital e número de vagas

A secretária adjunta de gestão e modernização administrativa da Seplad, Josynélia Tavares, ressalta a importância da execução dos concursos como uma das melhorias para a segurança pública do Estado, além de firmar mais um compromisso do Governo para com a população.

"Os concursos para as polícias Civil e Militar vêm para somar as melhorias em busca de mais desenvolvimento no Pará, principalmente na área da segurança, além de aumentar o efetivo que atua hoje em nosso Estado", frisou Josynélia Tavares.



Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS