Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
31°
cotação atual R$

Notícias / Cursos & Empregos

EDUCAÇÃO

Inscrições abertas para processo seletivo da UFPA

terça-feira, 08/10/2019, 08:21 - Atualizado em 08/10/2019, 09:33 - Autor: Tiago Furtado e Luiza Mello


| Irene Almeida/Diário do Pará

Começou ontem o período de inscrições para o Processo Seletivo (PS) 2020 da Universidade Federal do Pará (UFPA). As inscrições serão feitas exclusivamente pela internet. Estão sendo ofertadas 7.143 vagas, divididas em 191 cursos. Das vagas, 3.449 serão disputadas pela ampla concorrência e 3.503 ofertadas pelo sistema de cotas, além da oferta de 191 vagas extras para pessoascom deficiência.

Presidente da Comissão Permanente de Processos Seletivos da UFPA (Coperps), Edmar Costa afirmou que a forma de ingresso continua a mesma. Apesar de ser necessário fazer a prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), a UFPA optou por não utilizar o Sistema de Seleção Unificada (Sisu), do Ministério da Educação (MEC) como uma das formas de ingresso na universidade.

“A partir da experiência do ano passado, vimos que essa iniciativa (de não optar pelo Sisu) foi exitosa, com o número de vagas não ocupadas na universidade diminuindo e, por esse motivo, decidimos não participar do Sisu”, disse.

VAGAS

O número de vagas ofertadas teve uma pequena redução: de 7.295 em 2019 passou para 7.143 vagas para 2020. O presidente da Coperps observou que essa redução é compensada de outras formas, com a realização de processos seletivos especiais ao longo do ano.

“A variação no número de vagas é compensada por outras formas de ofertas, como o processo seletivo para pessoas do campo, indígenas e quilombolas além da parceria da UFPA com o Governo do Estado, participando do programa Forma Pará, que levou cursos da universidade para o interior do Estado, ampliando bastante o número de vagas que pode oferecer”, concluiu.

As inscrições podem ser realizadas no site ceps.ufpa.br até as 17 horas do dia primeiro de novembro. Os interessados em conseguir isenção na taxa de inscrição (que custa R$ 50) devem solicitar o benefício até o dia 21 de outubro, com o resultado divulgado no dia 24 do mesmo mês. A expectativa é que a lista de aprovados saia entre o final de janeiro e o início de fevereiro de 2020, com o ano letivo marcado para começar no dia 9 de março do ano que vem.

Repescagem

As regras para o PS/2020 continuam, basicamente, as mesmas. Ao realizar a inscrição, o participante terá que escolher para qual turma deseja se candidatar, e irá concorrer às vagas apenas para a turma escolhida. A novidade deste ano se dá no momento da repescagem para os cursos de dupla entrada, em que a única diferença entre duas turmas ofertadas é o período de ingresso na UFPA, isto é, no primeiro ou no segundo semestre.

Por exemplo, se um candidato à turma vespertina de Direito (2020.2) não seja classificado, ele concorrerá a uma lista única de repescagem, ou seja, o candidato disputará vagas tanto para a primeira quanto para a segunda turma vespertina de Direito.

UFPA cai 2 pontos, mas continua entre as 30 melhores

As dificuldades enfrentadas por causa do corte de repasse de recursos do governo federal neste ano influenciaram na avaliação da Universidade Federal do Pará (UFPA) no Ranking das Universidades do Brasil (RUF), realizado desde 2012 pela Folha de São Paulo. A UFPA, que foi a 27ª colocada no ano passado, caiu para a 29ª colocação neste ano. Considerando apenas as grandes universidades públicas do país, ela é a 21ª. A instituição é também a 17ª do Brasil em inovação e conseguiu avançar três pontos nesta avaliação desde o ano passado, quando ficou em 20º lugar. É a 11ª melhor entre todas as universidades públicas no quesito inovação.

A UFPA também avançou no alcance de mercado e é a 25ª entre as grandes universidades federais em qualidade de ensino. A universidade federal paraense continua sendo a melhor de toda a região Norte e está entre as únicas cinco universidades do eixo Norte e Nordeste do Brasil que conseguiram estar entre as 30 melhores do país.

Por determinação do Ministério da Educação, a UFPA teve 50% de seus recursos discricionários previstos para 2019 bloqueados durante este ano. O contingenciamento foi aplicado a todas as universidades federais e em algumas, seus efeitos foram mais significativos.

O Ranking Universitário Folha é uma avaliação anual das universidades ativas do país, e utiliza dados nacionais e internacionais e duas pesquisas de opinião do Datafolha, em cinco aspectos (pesquisa, ensino, mercado, internacionalização e inovação).

AVALIAÇÃO

O RUF faz a avaliação anual de 40 graduações de universidades, centros universitários e faculdades com maior número de ingressantes no país (de acordo com o último Censo da Educação Superior disponível), com base em dois aspectos: ensino e mercado. Neste ano, foram avaliadas 197 instituições públicas e privadas.

As melhores universidades brasileiras seguem concentradas nas regiões Sudeste e Sul do país.

Com relação às avaliações por cursos, considerando os mais concorridos, como o de Direito, por exemplo, os três mais bem avaliados foram os da UFPA, Cesupa e Ufopa, sendo que este último foi considerado o de melhor aprovação entre alunos que enfrentam as provas da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS