Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
24°
cotação atual R$

Notícias / Cultura

Cultura

Show das Princesas com 3D encantou público na AP

segunda-feira, 19/08/2013, 07:30 - Atualizado em 19/08/2013, 07:30 - Autor:


Com os olhares vidrados no que acontecia no palco, centenas de crianças assistiram na tarde do último sábado ao espetáculo do Show das Princesas, superprodução musical que envolveu 35 artistas em cena e cenários virtuais em 3D. O espetáculo aconteceu na sede campestre da Assembleia Paraense.


Devidamente vestida como a sua princesa preferida, a pequena Mirela Brito, de quatro anos, não escondia a ansiedade em ver de perto a pequena sereia Ariel. “Eu quero ver a Ariel e a Branca de Neve”, anunciava, antes do espetáculo. Sem esconder a satisfação em proporcionar o sonho à filha, a administradora Michele Cordovil também ansiava pela entrada das princesas. “Ela gosta muito das princesas e desde que começaram a anunciar o show, ela já ficou ansiosa. A pequena sereia também foi o tema do aniversário dela de quatro anos”.


Também na companhia da filha Sofia, de quatro anos, a professora Jeane Oliveira não deixava de relembrar as histórias que ela mesma ouvira quando criança. Com a plateia já quase lotada, ela chegou ao local antes mesmo que abrissem os portões. “É muito importante manter os clássicos, as histórias que nós mesmos ouvíamos na nossa infância e que contamos para elas”, acredita. “Eu vou ver as princesas”, contava empolgada Sofia.


Assim que o espetáculo teve início, o olhar fixo no que acontecia no palco só era interrompido pelas palmas animadas com a entrada de cada nova princesa. Assim que a princesa Bela Adormecida acordou do sono profundo através do beijo do príncipe, não apenas as crianças, mas as mães e pais também vibraram. “É importante sempre incentivar a ludicidade para as crianças, eu sempre leio as histórias e tento manter isso vivo”, comentava a pedagoga Leilane Fagundes.


Dentre tantas princesas fantasiadas das mais diversas personagens, com um ano e onze meses, Ruy Guilherme, filho de Leilane, chamava a atenção. Devidamente vestido de Pequeno Príncipe, ele também não escondia a alegria em assistir ao espetáculo. “Todo o esforço de trazer eles aqui num sábado vale a pena quando a gente vê o sorriso deles”.


Quem também decidiu destinar o sábado para fazer a alegria das filhas foi o guarda municipal Anderson Costa. Acompanhado de toda a família, ele não escondia a satisfação por ver a animação de Yasmin, de quatro anos, e Yane, de sete, com o espetáculo. “Elas gostam bastante das princesas e, quando vimos no jornal que teria o espetáculo, resolvemos trazê-las”, comentou. “Elas ficaram muito ansiosas pra chegada desse momento”.


(Diário do Pará)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS