Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
26°
cotação atual R$

Notícias / Cultura

Cultura

Começa hoje o Festival de Música Popular Paraense

quinta-feira, 08/08/2013, 07:44 - Atualizado em 08/08/2013, 07:44 - Autor:


A primeira eliminatória em Belém da 5ª edição do Festival de Música Popular Paraense será hoje, às 20h, na Fazenda Show, na João Paulo II esquina com a Dr. Freitas, no bairro do Marco. A produção do evento selecionou 12 músicas que vão competir por cinco vagas na final. Realizado pelo grupo RBA, em parceria com a Vale e organização da Marco Eventos e Edgar Augusto, o festival vai ofertar prêmios de até 15 mil reais.


Os cinco selecionados da noite de hoje, se juntarão aos outros dois candidatos vencedores da etapa Marabá, até que na próxima semana sejam escolhidas outras cinco canções, para então formar o time de competidores que vai disputar a grande final no dia 05 setembro na sede campestre da Assembleia Paraense. “O que é mais importante nesse momento é que temos um show montado para cada edição. Existe uma pluralidade ímpar em cada apresentação que compõe uma produção especial”, explica Edgar Augusto Proença.


Os três primeiros colocados vão receber prêmios no valor de R$ 15.000,00, R$ 9.000,00 e R$ 6.000,00, respectivamente, e o Festival também vai premiar o melhor arranjo e o melhor interprete com R$ 2.500,00 cada um. As doze melhores músicas pontuadas na final serão gravadas em CD e DVD, produzidos pela coordenação do evento. As composições são inéditas e serão interpretadas por vozes novas e outras consagradas dos palcos paraenses. Olivar Barreto e Nana Reis são nomes que figuram na lista de apresentações da noite de hoje.


Campeão da última edição, o cantor Arthur Espíndola, 29 anos, despontou nas rádios de Belém com a canção “Tô Fora de Moda” e garantiu uma temporada de shows em casas de eventos da cidade. Com o samba, ele alcançou ainda mais reconhecimento do público paraense e apresentou sua outra faceta, desta vez no universo dos bambas do samba. O artista chegou a gravar uma música com a velha guarda da Mangueira e produziu clipe com a participação de Gaby Amarantos, Felipe Cordeiro e Mestre Curica, e ainda colhe os frutos da vitória. “Foi um ponto de partida, sem dúvidas”, dispara.


O corpo de jurados é composto por nomes que circulam pelo meio cultural da cidade. A jornalista Dani Franco está entre os que vão julgar os candidatos na competição de hoje à noite. Ela é Assessora de Imprensa do Instituto de Artes do Pará (IAP), fez assessoria para vários espetáculos musicais em Belém e também prestou assessoria a diversos artistas da terra. Outro é o radialista Luiz Guilherme Costa, que também é empresário de shows e frequentemente traz a Belém grandes nomes da música popular brasileira. É conhecido como Luizão Don King.


Para engrossar o time, o júri conta ainda com Rejane Barros, radialista e jornalista, editora e colunista da revista Toda, encartada aos domingos no DIÁRIO, com Vasco Cavalcante, agitador cultural e musical, editor do blog Arte Musical, onde semanalmente apresenta um roteiro completo dos eventos artísticos de Belém e com Conceição Chermont, cantora que participa de festivais desde os anos 60 e detém conhecimentos de todas as fases da música paraense.


(Diário do Pará)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS