Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
23°
cotação atual R$

Notícias / Cultura

Cultura

Emídio Contente é premiado na categoria Fotografia

sexta-feira, 02/08/2013, 09:08 - Atualizado em 02/08/2013, 09:08 - Autor:


Bem representado no grupo de finalistas, que incluía representantes de 12 estados brasileiros, o Pará saiu vencedor da cerimônia de premiação do projeto Movimento Hotspot, realizada na noite de quarta-feira, 31, no Memorial da América Latina, em São Paulo.


Concorrendo com artistas do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais, Espírito Santo, Distrito Federal, Maranhão, Pernambuco, Bahia e Rio Grande do Norte, o paraense Emídio Contente foi premiado na categoria fotografia, com a obra ‘Cobogó’. No trabalho, Emídio sai às ruas em busca de casas e muros com elementos vazados, ao encontrá-lo, fotografa e filma sem que sua presença seja percebida. “Após estas capturas, estudo cada local e imagem para criar novos mundos e saio em mais uma busca. Vou em lixos de construção civil, demolições e olarias atrás de elementos que se aproximem dos fotografados”, ele explica. 


A partir daí, nascem câmeras fotográficas artesanais que vão registrar este mundo imaginário através dos muros. Emídio assume então a condição de “flâneur”. “O projeto ‘Cobogó’ é uma homenagem ao povo brasileiro, que sempre foi criativo e sustentável desde antes disso tudo ser tão discutido”, diz o artista. “A proposta é, acima de tudo, mostrar que existem mundos complementares além das barreiras, que muros altos e fortes por muitas vezes podem ter os seus ‘cobogós’ para passagem de novos ares e luz. Neste projeto os cobogós deixam de ser apenas elementos para entrada de ar e luz, passam também a ser nossos olhos para o mundo”, poetiza. 


Emídio Contente, que já possui no currículo o grande prêmio da XXI Mostra de Arte Primeiros Passos do CCBEU, também levou para casa, com ‘Cobogós’, o prêmio ‘Diário do Pará’ no 4º Prêmio Diário Contemporâneo de Fotografia, realizado pelo DIÁRIO. 


TALENTOS


Durante a cerimônia, Paulo Borges, Presidente do IN-MOD e idealizador do Movimento HotSpot, dividiu com o público a história do Movimento HotSpot e os momentos mais marcantes do projeto. A cerimônia foi conduzida pela apresentadora Sarah Oliveira e pelo jornalista Denis Russo Burgierman e contará com a participação dos curadores e de convidados especiais para realizar a entrega dos prêmios. Foram conhecidos os nomes dos vencedores nas 11 categorias do projeto (arquitetura, beleza, cenografia, design, design gráfico, filme & vídeo, fotografia, ideia, ilustração, moda e música). O vencedor de cada categoria recebeu o prêmio de R$ 10 mil. Adicionalmente, um vencedor em Ideia contou com um investimento de até R$ 200 mil para a implantação de seu projeto, e o da categoria Moda recebeu até R$ 150 mil para desenvolver uma coleção, que será apresentada no São Paulo Fashion Week ou no Fashion Rio. 


Todos os finalistas concorreram ainda a um prêmio especial que foi entregue pelo bureau de tendências WGSN. O escolhido vai até Londres a convite do bureau para participar do brainstorm onde cientistas e cool hunters dos cinco continentes se reúnem para discutir as tendências de comportamento dos próximos anos. Esta é a primeira vez que um estrangeiro não ligado ao grupo participa da reunião. 


Os cinco finalistas da categoria Música se apresentaram no palco da final e prepararam o público para a grande performance da noite, Gal Costa, com o show ‘Recanto’.


(Diário do Pará, com assessoria)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS