Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
31°
cotação atual R$

Notícias / Cultura

Cultura

Ciclo de Leituras revive obra de Plínio Marcos

terça-feira, 30/07/2013, 07:56 - Atualizado em 30/07/2013, 07:56 - Autor:


Durante o mês de julho, a Escola de Teatro e Dança da Universidade Federal do Pará (ETDUFPA) tem promovido o Ciclo de Leituras Dramatizadas da obra intitulada “Bendita Terça Maldita”, de autoria de Plínio Marco, considerado o primeiro dramaturgo a dar voz e protagonismo à classe marginal no Brasil. A última apresentação do mês ocorre hoje, a partir das 18h30, no teatro universitário Cláudio Barradas e conta a história dos abusos sofridos e cometidos dentro de uma carceragem. 


As leituras são resultado da disciplina Produção Textual para Cena, ministrada pelo professor Edson Fernando para os alunos do primeiro ano da Licenciatura em Teatro da UFPA e seguem até 6 de agosto. Em cada dia serão quatro leituras dramatizadas das versões criadas para a forma dramática, seguidas de debates sobre os temas abordados. A disciplina teve como referencial teórico para as atividades de leitura e produção textual os contos do autor reunidos na obra “Histórias das Quebradas”. 


O público terá a oportunidade de discutir questões polêmicas mediante o olhar de personagens discriminados pela sociedade. “O universo de Plínio Marcos dá voz aos personagens marginalizados, como o cafetão, a prostituta, o homossexual, o mendigo e o presidiário. O objetivo dessas leituras é atualizar discussões éticas e morais que Plínio presenciou e que ainda são muito contemporâneas”, explica Edson Fernando.


LEGADO


Os textos de Plínio Marcos mostram um dramaturgo brasileiro sensível à realidade do país. No Brasil, ele foi o precursor dessa literatura voltada para os menos favorecidos e continua sendo sua maior referência. Os personagens reproduzem palavrões, gírias e expressões populares e peculiares da época, numa situação-limite que demonstra o estado de desumanidade em que viviam.


CONFIRA


Ciclo de Leituras Dramatizadas ‘Bendita Terça Maldita’, de Plínio Marcos. Hoje, às 18h30, no teatro Claudio Barradas.(Rua Jerônimo Pimentel, 546, esquina com a D. Romualdo de Seixas - Umarizal). Entrada franca. Informações: 3249-0373.


(Diário do Pará) 

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS