Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
27°
cotação atual R$

Notícias / Cultura

Cultura

Mostra Nueva Mirada exibe hoje “Max envergonhado"

sexta-feira, 05/07/2013, 09:05 - Atualizado em 05/07/2013, 09:05 - Autor:


Desde a última terça-feira em cartaz, a mostra itinerante do Festival Internacional de Cinema Nueva Mirada chega hoje ao penúltimo dia com a exibição de onze curtas e ainda o longa-metragem dinamarquês “Max envergonhado” (2008), dirigido por Lotte Svendsen. As sessões iniciam às 16h e a entrada é franca.


Com filmes internacionais que não são exibidos nos circuitos comerciais de TV e cinema, a mostra da Argentina busca apresentar e discutir temas ligados à infância e à adolescência, como responsabilidade, companheirismo, solidariedade e sexualidade. O longa que será exibido na programação de hoje aborda algumas dessas questões. 


“Max envergonhado” conta a história do garoto de 12 anos que mora com uma mãe impulsiva, que quer o melhor para o filho, mas não pode dizer coisas que o envergonhem. Apaixonado pela coleguinha de escola Ofelia, Max faz o possível para chamar a atenção da garota, que é indiferente e ainda se faz de difícil para o menino. Com a proximidade das festas de final de ano, Max começa a se questionar sobre o que quer ser e com quem quer ficar. 


O filme traz no elenco os atores Samuel Heller-Seiffert, Mette Horn e Ophelia Eriksen. O roteiro é de Tommy Bredsted, Mette Horn e Lotte Svendsen, fotografia de Lars Skree e música de Phafar e Ostkyst Hustiers. A classificação indicativa do longa é de 11 anos. 


O Nueva Mirada é uma associação civil sem fins lucrativos, especializada em cultura, indústria cultural e comunicação da Argentina. Atualmente, é membro da Aliança Global para a Diversidade Cultural e da Unesco e do Centro Internacional de Cinema para a Infância e a Juventude (Cifej). A mostra do festival tem circulado por várias cidades brasileiras desde o início do ano em parceria entre o Sesc e os governos argentino e brasileiro.


(Diário do Pará)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS