Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
24°
cotação atual R$

Notícias / Cultura

Cultura

Show marca os experimentos do projeto ‘Dançará’

quinta-feira, 20/06/2013, 08:00 - Atualizado em 20/06/2013, 08:00 - Autor:


Iva Rothe ficou um bom tempo trabalhando o projeto ‘Aparecida’. Primeiro veio pesquisa, CD, shows, turnês nacionais, e agora o ciclo começa a se fechar. Mas não para acabar, e sim para renascer em outro projeto, ‘Dançará’, nova investida musical da cantora, que quer entender todo esse gingado e musicalidade únicos do povo amazônico. O fim do ciclo ‘Aparecida’ e o início de ‘Dançará’ estão juntos no palco exatamente na temporada que a cantora faz hoje e no próximo dia 27, sempre às 19h, no Sesc Boulevard, com entrada franca. Um momento que ela define como sendo de transição. “É um período de passagem. O ‘Aparecida’ aparece com músicas no início, no meio e no fim, ou seja, ele costura o show, é a base em meio a um arsenal de novas propostas que vamos percorrer com o novo projeto. Para mim, é um período legal de compartilhar uma experimentação no palco, com músicas que não necessariamente entrarão no novo projeto, mas que fazem parte exatamente deste momento de pesquisa”, detalha a artista. “É a oportunidade de mostrar para todo mundo qual a nossa ideia. Acaba sendo um momento de liberdade”, pontua. 


Este tal rito de passagem vem em um momento importante. A pesquisa sonora do novo trabalho será registrado no documentário ‘Em busca do Dançará’, com direção de Ana Cláudia Bastos, que acaba de ser aprovado para captação pela Lei Semear e que será o ponto de partida oficial do novo projeto. “Esse documentário será feito com a pesquisa do novo disco. Terminou essa minha mania de colocar o DVD no final dos projetos e eles não saírem porque emendo em outro CD. Foi assim com ‘Aluguel de flores’, com ‘Mantras’, com ‘Aparecida’, mas agora será diferente, a gente começa pelo documentário, que foi proposto pela própria Ana Cláudia Bastos. Será o registro dessa pesquisa, uma forma de compartilhar conhecimento, informação e de as pessoas participarem desde o início do processo, entendendo o que leva à construção de uma pesquisa musical”.


Por isso, no palco o clima é de celebração com alguns convidados especiais. No show de hoje, Iva recebe o cantor Ronaldo Silva e mais Adriana Cavalcante. A cantora fará um dueto na interpretação de ‘Sereia’, enquanto no dia 27 será a vez de Maria Rosa Lima, com quem Iva gravou a mesma faixa do CD ‘Aparecida’. Também no dia 27, Guru, da Banda Nova, fará uma participação especial, assim como o bailarino Diego Pompeu, da Companhia Experimental de Dança Waldete Brito, que apresentará uma coregrafia para a música inédita ‘Três beijos’, que integrou o badalado espetáculo ‘Festa na Cidade’, da companhia de dança, inspirado nas festas de aparelhagem. A cantora será acompanhada por Heraldo Santos (percussão), Edvaldo Cavalcante (bateria), Príamo Brandão (contrabaixo), Igor Capela (guitarra) e Johab Quadros (trompete). 


Se em ‘Aparecida’ Iva mergulhava a fundo no universo feminino, no novo projeto o movimento é a tônica. “Dançará: lugar e tempo de festa. Termo paraense usado pelos antigos, que mostra que no Pará festa tem dança e música”, define. A música dançante feita no Pará recebeu influências do Caribe em algum momento da sua história e é isso que Iva busca saber, primeiro na pesquisa musical que fará no documentário. Essas informações renderão músicas, que renderão shows, que renderão turnês, e por aí vai, num ciclo que se reinicia.


(Diário do Pará)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS