Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
27°
cotação atual R$

Notícias / Cultura

Cultura

Atividade integra o projeto ‘Olhar Odivelas’

quarta-feira, 19/06/2013, 07:29 - Atualizado em 19/06/2013, 07:29 - Autor:


Muito exercício para despertar a imaginação e a criatividade em busca de ideias para um filme. O último final de semana foi intenso para os participantes do projeto ‘Olhar Odivelas’, no município de São Caetano de Odivelas, nordeste do Pará. Doze alunos participaram da oficina “Como contar uma estória audiovisual”, que trata das etapas de criação e do formato de um roteiro para filme.


‘Estória com ‘e’ mesmo. Para marcar território na antiga definição de ficcionalidade, de descomprometimento com a ‘história’ oficial. Durante dois dias os alunos conheceram as características e regras necessárias para uma ‘estória’ virar um filme, e os passos para se produzir um roteiro profissional. Aprenderam, por exemplo, o que é e como se faz uma story line (linha da história), uma sinopse, um argumento, ou como fazer a escaleta e assim chegar ao roteiro, que é uma peça específica, com características e formato próprios, dentro do longo processo de realização de um filme.


Em um exercício coletivo os participantes sugeriram temas e ideias, selecionaram a que julgaram mais interessante, criaram o argumento e o roteiro de um filme de ficção. Como forma de valorizar as características ambientais e culturais do município, conhecido pela área extensa de mangue, fonte de boa parte dos caranguejos que chegam à mesa dos paraenses, o filme terá como personagem principal um tirador de caranguejo que passa por uma experiência inusitada. O roteiro agora vai passar pela etapa de pré-produção em uma próxima oficina e deve ser filmado em meados de julho.


A oficina de roteiro foi ministrada pela jornalista, documentarista e roteirista, Angela Gomes, que realiza o projeto Olhar Odivelas no município. Desde 2008, ela se dedica ao estudo do roteiro cinematográfico com cursos e oficinas em vários locais do Brasil e no exterior. Em 2009 foi selecionada no concurso de Apoio ao Desenvolvimento de Roteiros de Longa-Metragem de Ficção, do Ministério da Cultura, sendo a única premiada da região Norte. O roteiro Gangues foi finalizado e agora a autora está em busca de um produtor que se interesse a filmá-lo. 


A oficina de roteiro é a terceira de um programa de cinco oficinas dentro do projeto Olhar Odivelas, que tem patrocínio do Banco da Amazônia, além de apoio da Secretaria de Cultura de São Caetano. O projeto começou este mês e já realizou a oficina de introdução ao audiovisual e de filmes de pequenos formatos. No próximo final de semana, será o módulo “Web e Mídias Sociais”, mostrando como a internet pode ser usada de forma integrada na produção e divulgação de filmes. Os alunos irão aprender como criar blogs, páginas nas mídias sociais e canais online, e como pensar projetos audiovisuais.


As inscrições, gratuitas, para as oficinas podem ser feitas na Secretaria Municipal de Cultura de São Caetano de Odivelas ou pelo email [email protected] 


(Diário do Pará)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS