Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
24°
cotação atual R$

Notícias / Cultura

Cultura

Distribuição de ingressos para show gera polêmica

quarta-feira, 05/06/2013, 21:59 - Atualizado em 06/06/2013, 11:12 - Autor:


O violonista Yamandu Costa se apresenta às 23h desta quarta-feira (5) em Belém, em atividade da XXVI Festival Internacional de Música do Pará (Fimupa). O evento é público e tem entrada gratuita para a população da cidade. Mas, denúncias que chegaram à reportagem DOL dão conta que grande parte dos ingressos disponíveis não foram repassados às pessoas que foram até o local para garantir seus bilhetes.

Os ingressos deveriam ser distribuídos em um bar teatro na avenida Senador Lemos, bairro Umarizal, local da apresentação de Yamandu, a partir das 14 horas.

O jornalista Adriano Abbade foi um dos que esteve em frente ao local de distribuição, mas não conseguiu garantir seu ingresso. “Eu tive que ligar para a Fundação Carlos Gomes para pegar a informação sobre o início da distribuição dos ingressos, porque no site do Festival (Fimupa) não consta nada sobre isso. O órgão me informou que os ingressos seriam disponibilizados para a população a partir das 14h de hoje (quarta-feira), mas quando cheguei lá me falaram que a distribuição só seria às 16h. Voltei às 16h e já havia uma placa na porta do estabelecimento dizendo que os ingressos estavam esgotados. Somente umas 20 ou 30 pessoas pegaram ingressos, o restante não foi distribuído. Além desse problema, é um absurdo fazerem um show desta qualidade e repercussão em um local que cabem no máximo 300 pessoas”, protesta o entrevistado.

A também jornalista Natália Ferreira passou por situação parecida, mas no final conseguiu garantir seu ingresso para participar do show. “Cheguei no local às 14h e me mandaram voltar somente 16h. Voltei no horário combinado e uma senhora que estava distribuindo os bilhetes disse que os ingressos começaram a ser entregues às 15h e que havia sido esgotados os 240 lugares disponíveis para o público. Eu acho no mínimo suspeito isso. No entanto, eu e cerca de 20 pessoas que estávamos dentro do local, vendo a passagem de som do Yamandu Costa, fizemos pressão e conseguimos garantir as nossas entradas”, contou.

OUTRO LADO

Apesar de testemunhas afirmarem que os ingressos não começaram a ser distribuídos às 14h, como informado pela organização do evento, a Agência Pará, órgão oficial de comunicação do Governo do Pará, divulgou nota à imprensa na tarde desta quarta-feira (5) afirmando que os ingressos foram distribuídos a partir das 14h e que esgotaram logo após este horário.

A reportagem do DOL tentou contato telefônico com a Fundação Carlos Gomes (FCG), mas não obteve sucesso. Um pedido de nota foi enviado para a FCG solicitando posicionamento do órgão sobre o ocorrido.

(DOL)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS