Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
25°
cotação atual R$

Notícias / Cultura

Cultura

Festival apresenta propostas estéticas da produção

quarta-feira, 05/06/2013, 07:54 - Atualizado em 05/06/2013, 07:54 - Autor:


Na tentativa de criar um espaço de encontro, capacitação, experimentação e reflexão entre artistas cênicos, o Centro Cultural Atores em Cena idealizou o Festival Cena 10 de Teatro que abre amanhã, às 20h. Uma oportunidade de compartilhar propostas estéticas em cenas de até 10 minutos e formação de plateia. O festival abriu inscrições para grupos, companhias e atores independentes que desenvolvem um trabalho continuado de pesquisa e criação teatral, e também para atores que estão iniciando a carreira, e reafirma a intenção de fortalecer a produção artística de coletivos teatrais responsáveis pela diversidade estética da cena contemporânea.


De acordo com Gê Souza, ator, diretor e produtor cultural que coordena o evento, o festival surgiu para suprir à carência de mostras na cidade. “É um momento em que os artistas podem se reunir e mostrar seu trabalho. Belém hoje tem uma carência muito grande em relação a um espaço para que as produções locais possam mostrar o que vêm montando no decorrer do ano. O festival tem caráter competitivo para que assim os grupos possam ser incentivados”, explica.


Festival dará prêmios em dinheiro


O festival tem caráter competitivo. Será realizado em quatro dias e vai contar com 16 cenas - quatro por dia. O tema é livre e cada grupo leva ao palco a própria proposta. O festival vai oferecer R$ 1 mil para o primeiro lugar, R$ 500 para o segundo e R$ 250 para o terceiro lugar. “O real objetivo é partir para um festival maior, que não seja apenas de cenas, e sim de espetáculos completos. Hoje, ainda temos muitas dificuldades em questão de patrocínios, nesta primeira versão tivemos apoio do IAP, e Fumbel”, destaca o coordenador.


Gê comenta a cena teatral contemporânea paraense que acredita ser terreno fértil e criativo. “Temos uma mão de obra maravilhosa, com atores, diretores e produtores com uma energia fantástica pra realizar, mas o que falta é uma maior união da classe, pois existe uma ‘vaidade’ que acaba por desviar o principal objetivo, que é a ‘formação de plateia’. Um exemplo: se eu tiver uma ideia que vai favorecer outro grupo, eu não compartilho e essa informação fica restrita só a meu grupo e isso provoca um racha na classe”, conta. 


Segundo ele, o objetivo do “Atores” não apenas com esse festival, mas também com outros eventos que o espaço já realizou e ainda vai realizar, é proporcionar a reflexão entre a classe. “Queremos mostrar para a sociedade que o teatro paraense não fica devendo a nenhum outro estado onde o movimento é forte, não podemos deixar de citar o descaso do poder público, que favorece mais o que vem de fora, esquecendo e abandonando o que temos em nosso estado. Citamos ainda a falta de espaços para apresentações e ensaios. Hoje temos muita dificuldade em encontrar espaços”, reclama Gê. O festival começa hoje e segue até o dia 9 deste mês.


FORMAÇÃO


Além das cenas que serão apresentadas durante o festival, o evento realizou uma série de quatro oficinas de técnicas teatrais nos bairros da Terra firme, Guamá, Sacramenta e Icoaraci. Cada oficina teve a duração de uma semana e resultou na montagem de uma cena que estará no festival, como cena convidada, permitindo aos alunos o contato com atores já experientes. “Ressaltamos que as referidas oficinas foram realizadas nos bairros com vulnerabilidade social para moradores que são excluídos de seus direitos culturais, direitos estes explicitados em nossa carta magna”, comenta Gê Souza. 


PROGRAME-SE


I Festival Cena 10 de Teatro, de amanhã até domingo,dia 9, sempre às 20h, no Espaço cultural Atores em Cena, localizado na avenida Nazaré, 435, entre Benjamin e Rui Barbosa. Informações: 8124-5471. Entrada franca. 


(Diário do Pará)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS